Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cenas de gaja

22
Abr06

O Homem Lésbico

sissi
Quase 24 horas depois de grande incursão pelo macho italiano, lembrei-me de uma casta de homens praticamente em extinção. Diria mesmo, que é um run for your life type of guy. Quem tem um que o saiba manter pois os perigos do seu desaparecimento farão mais estragos que o pentendo do Limahl na década de 80.

Como é óbvio, falo-vos do Homem Lésbico.

Fundamentalmente, o Homem Lésbico distingue-se dos restantes pela sua capacidade de fazer um bom minete. E eu não digo baloiçar a língua entre um lábio e outro ou, sorrateiramente, deixar fugir um dedo (ou mais...) pelo Canal da Mancha. Não. Falo-vos do homem que, para além destas coordenadas, já percebeu que o segredo está na massa. Ou seja, no clitóris. Eu sei que isto pode parecer redundante. A C Word é useira e vezeira em conversas de café. Mas quantos os praticarão? Quantos homens saberão a diferença entre chupar lânguidamente o clitóris e sugá-lo como se estivesse a chupar cabeças de camarão no Ramiro do Martim Moniz? Pela minha experiência, poucos. Aliás, contam-se pelos dedos de uma mao. A mesma que se afaga à falta do bom toque de outrém.

O que é paradoxalmente trágico e engraçado, é que todos os homens acham que fazem bons minetes. E isto só acontece por duas razões: porque durante o acto não se preocupam em saber se os tremores e gemidos que sentem e ouvem são de verdadeiro prazer, ou então porque elas sussurram um desejo que não está lá.

Gajos, seria simpático que levantassem a cabeça de vez em quando para se certificarem que qualquer que seja o ruído que ouçam não seja o de um ressonar ou aquele respirar de quem quem já adormeceu profundamente. É bonito também que questionem a parceira com elegância, que tentem verbalizar os intentos e assim aumentar o grau de excitação. Se não for pedir muito, e se isto não for uma tarefa homérica, ao subir para beijar os outros lábios, não se armem em discretos ao limpar a boca às pernas ou barriga da mulher com quem se está, fingindo que estão aos beijinhos, os queridos... É feio e desnecessário.

O Homem Lésbico é o que maneja com mestria todas estas variantes. É lésbico porque como algumas de vocês sabem, outras desconfiam, e outras estão mortinhas por saber, o melhor minete é o que é feito por mulheres. E venha quem vier. O que melhor se assemelha é precisamente o do exemplar supra. Sabe onde fica o clitóris sem ter placas de sinalização e percebe ainda a diferença entre deixar escorregar um dedo sem mais num entra e sai sensaborão, e fazê-lo com ele na minha posição «dedal» favorita ie «cana de pesca invertida». Agora descubram vocês...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2005
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2004
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D