Terça-feira, 4 de Abril de 2006
As curtes
Não sei se por estar a viver em Londres e os melhores dias da minha vida, se por a cidade me inspirar, se por me sentir mais mulher que nunca, o certo é que o meu passado tem sido uma constante no meu presente. Não de uma forma pesada e desconstruída. É até com um sorriso nos lábios que recordo as várias fases e episódios que passei e onde, felizmente, revejo pessoas que estão comigo até hoje.
Ontem, enquanto esperava pelo night bus em Camden Town, reparei num casal imberbe que se beijava ao meu lado. Nestas alturas sou facilmente confundida com uma sexual pervert. Gosto de ver pessoas a beijar-se, gosto de as observar, reparar como o fazem, e sim, há uma certa tensão que se instala em mim, caso o casal seja maior de idade e a cena seja bonita. Enquanto reparava na dança de cabeças deste casal, dei por mim a lembrar-me das sessões de curte em casa dos amigos, enquanto faltávamos às aulas de Matemática no colégio. Vivam os pais ausentes! Eram sessões intermináveis de língua na boca, incólumes, inocentes.
Como sempre fui uma rapariga precoce, o meu primeiro french kiss foi dado aos 10 anos. Uma paixoneta pelo meu vizinho de carteira de escola que se consumou numa viagem de estudo ao Portugal dos Pequeninos...a coisa deve ter-se dado ali entre Alverca e o Carregado, tal era a vontade que tinha. Obviamente, fui eu que o beijei....Os bons hábitos começam cedo. Lembro-me de ter achado aquilo uma porcaria, uma troca de fluídos desnecessária. Pois se podíamos beijar só com o lábios, porque raio haveria de meter cuspo à mistura? A resposta a esta pergunta veio uns anitos mais tarde com as tardes de curtição. De resto, curtir era a moda do momento. Não namorávamos porque isso era dar muita bandeira relativamente ao que sentíamos pelo outro. Já novinhos fazíamos esses jogos. Por isso, quando a ocasião fazia o ladrão, lá estávamos nós, língua na boca, sem arrebatamento ou senso. Era uma coisa quase coreografada, que víamos nos adultos ou nos filmes. Não me lembro de haver tensão sexual por essa altura. Era mais um statement, uma coisa que faz parte, quase uma obrigação da idade e do grupo escolar.
Antes da primeira relação sexual, o beijo e as tardes de curte não eram mais que isso. Depois do sexo tudo mudou. Porque tudo passou a ter um fim. Ou, pelo menos, um próximo passo. Para alguns, curtir é um paliativo. Algo que está entre uma coisa e outra a que não se consegue chegar. Para outros, curtir é um preliminar. Para mim, os tempos das curtes eram uma coisa muito despreocupada e prazenteira. Curtiamos com todos e isso não fazia de nós umas putas. Os rótulos vieram mais tarde.
Ainda bem que a minha adolescência se fez antes dos lápis azuis...

publicado por sissi às 00:43 | link do post | adicionar aos favoritos

De sissi a 5 de Abril de 2006 às 17:20
Cara River,
sabes amor, não é uma questão de gostar mais ou menos. Eu gostar, gostar, gostar mesmo era de ser arrebatada. Palavra. Que alguém me deixasse a levitar...mas como na realidade isso não acontece, e uma Alteza tem que fazer por todos os aspectos da sua vida, vou tendo que os beijar primeiro e abrindo caminho e assim...
bjs mts.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge