Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cenas de gaja

25
Nov04

O caso do After Sun

sissi
Eu sou, talvez, a gaja menos gaja que conheço. Apesar do nome deste blog, a esta gaja que vos fala (cáspite, que agora quase parecia a Alexandra Solnado!!) quase lhe corre testosterona...por onde ela normalmente costuma correr...
Ainda assim, e porque as hormonas não me deixam ser de outra forma, tenho verdadeira pancada por tudo o que é cremes. Gosto, uso e abuso. E o meu ritual matinal não fica completo sem a concatenação laboriosa dessas substâncias viscosas que servem, a mais das vezes, para absolutamente nada.
Entro na banheira e começo logo pelo gel de banho, com 40 por cento (contadinhos!) de creme hidratante. Saio da banheira e tem início o bailado. Sentadinha no tampo da sanita, já dobrado pelos quilos a mais que os 30 teimam em trazer, começo pelos pés. Creme hidratante que acumula com desodorizante. Na restante superfície corporal, aparece de novo o hidratante, desta feita diferente, que a celulite e as estrias (marcas de uma vida passada à mesa...) merecem outro tipo de cuidados. Vou subindo (isto já quase parece o Late Night da Playboy meets anúncio do Fa Fresh..) e páro no pescoço. Porque acima do pescoço está a face. É um novo mundo que se me abre diante dos olhos. E é aí que entra mais um creminho: para papos (whatever that means), olheiras e rugas. Em seguida, o já nosso conhecido hidratante, mas especial, porque é para a cara, e a cara é a cara, e os tipos ainda não perceberam que quando não há nada a fazer...não há nada a fazer.
Bom, mas isto é o gajame fêmea. Nisto, como em muitas outras coisas, o gajame macho é bem menos complicado, na mesma proporção que é bem mais básico... A maioria dos gajos utiliza apenas um único creme: o after-sun.....Ora que caralho é um after sun? Eu sei que é para depois do sol, que os cremes não me comem o neurónio, mas porque razão os homens enchem o peito para dizer «Não te esqueças de me trazer o after sun da farmácia, tá bem querida?» Sim, que não pode ser um after sun qualquer, tem que ser da farmácia que o senhor doutor mandou... A espécie que me causa um gajo que não se preocupa com nada que indicie uma ponta de metrosexualidade, porque caralho há-de querer besuntar o corpo com after sun, que na sua essência, é um creme igual aos outros todos? Não tenho um único amigo, cuja casa de banho já mereceu uma aturada visita da minha lupa metediça, que não tenha um frasquinho do dito after sun! Homens do meu país, uni-vos! E expliquem este fenómeno!
PS - no caso do meu único leitor ser macho, por favor responda.
Pai e mano, vocês não contam. By the way, os vossos after sun estavam fora de prazo...e eu...tão a ver...?

3 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2005
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2004
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D