Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cenas de gaja

16
Nov05

Swimming pool

sissi
Depois do marasmo, o exercício físico. A Imperatriz desceu à cidade e decidiu pôr o corpo a mexer. Não que se notem as camadas adiposas! De todo! Mas o Verão está mesmo aí e há que se apresentar no seu melhor, yadayada.. Dado que sou da Realeza falida, e que tal como a Lady D tenho esta predilecção pelo povo, decidi que ginásios fancy nem pensar. O que é mesmo bom são piscinas municipais. A natação diz que é um desporto completo, e eu, como sou perfeita em tudo (sou uma Princesa, bolas!), vi-me obrigada a optar pelo melhor.
Um euro e meio depois, já eu estava de fatiota em riste. Digam o que disserem, uma mulher, mesmo linda como eu, de fato de banho e touca, parece a versão piorada da Super Grany do século XXI. Não fosse a minha moicana, o meu mais recente orgulho, e ter-me-ia sentido pior que o Mário Soares montado na tartaruga em Galápagos. Adelante.
Passado o crivo do balneário feminino, experiência que pode ser muito traumatizante, cheguei à piscina propriamente dita. Pistas para natação livre, havia uma. Cheia. De primos do Tony Ramos. Enchi-me de coragem e entrei. Qual Esther Williams, iniciei o meu exercício, piscina em crowl, piscina em bruços, piscina em costas, e vai e vem, quando, de repente não mais que de repente, entre um respirar e um inspirar, olhei à minha volta e vi a luz. Valha-me Zeus! Os monitores, os monitores, a nós os monitores!!! Novinhos, mas cheios de saúde....Não andasse eu a degustar um petit four de 20 aninhos e tinha fingido um afogamento, na esperança que me carregassem ao colo e me fizessem boca-a-boca ou boca-a-moicana. A partir daí, era «Sr. Monitor, posso usar esta bóia?», «Sr. Monitor, posso mudar de pista?», « Sr. Monitor, Sr. Monitor, Sr. Monitor...»... Ai...foi muito em bom...
Já extenuada, decidi sair. E aí começou novo filme.
As coisas que uma pessoa aprende num balneário feminino equivalem a anos de Psicanálise e formação em fada do lar. Fiquei então a saber o seguinte:
- que os fabricantes de tampões dizem que se devem mudar os mesmos de 3 em 3 horas, mas, na realidade, os malandros, estão a mentir. Porque se forem mudados de 12 em 12 chega perfeitamente;
- que quando vamos à natação, não faz mal uma mulher tomar banho e vestir a roupa interior que trazia, porque os primeiros minutos é que custam, depois uma pessoa habitua-se;
- (olhando para a minha moicana) que depilar a «região vaginal» (sic) dá cancro (como se isso fosse coisa que se desse a alguém...)
- (olhando para o meu g-string) que as mulheres que usam fio dental fazem-no para provocar os homens e, regra geral, são putas.
Eis a lição de ontem.
Mal posso esperar pela de hoje!

35 comentários

Comentar post

Pág. 1/4

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2005
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2004
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D