Terça-feira, 26 de Junho de 2007
EX
«Ex-comungado», «ex-cisado», «ex-cluído», ex-namorado. O que é um Ex? A ver pela forma como os tratamos muitas vezes, um ex-namorado é apenas que alguém que estava e já não está. Um fantasma de uma ópera pouco bufa, com contornos de novela venezuelana. Ou não.

Se olharmos para trás, por onde andam as pessoas por quem chorámos e a quem jurámos amor eterno? Onde está o objecto das cantigas de amor ou das canções do bandido? Depois de saírem da nossa vida, onde ficam os fiéis depositários do nosso afecto? Ficam numa finisterra algures entre o onde e o lado nenhum, tão lá ao fundo que o nosso GPS não identifica. Excepto numa situação. Precisamente aquela em que a ópera se torna realmente bufa e de ex-namorado o tenor passa a grande amigo das ocasiões aflitas.

Quantos de nós não nos enrolámos já com os ex-parceiros? Naquelas noites onde ansiamos por um colinho bom, ao qual insistimos em chamar de tesão, quantos não percorremos a lista telefónica parando, assim por acaso, num número que conhecemos de cor? E aí o que fazemos? Ligamos, fazemos conversa de circunstância, tentamos saber se há mais alguém na linha de quem está do outro lado da linha, sugerimos um encontro para «matar saudades» e aprontamo-nos para ele, de facto, prontos para matar! Conversa puxa conversa e trau! Todo lá dentro. Todo cá dentro. Voltamos a um sítio com memória e, por isso, cheio de alguma coisa, ainda que inócua. E vamos para casa, contentinhos, a pensar que nos passou a tesão, quando, no fundo, no fundo, o que gostámos mesmo foi do colinho bom daqueles momentos.

Se a foda foi boa? Apostaria o meu dinheiro que sim. Mas não era disso que tratava. Ou era?

publicado por sissi às 00:29 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Xena a 26 de Junho de 2007 às 16:21
"hahahah" refiria-se à simulação de conversa da nossa Sissi.


De more a loner than a wolf a 26 de Junho de 2007 às 17:01
frequentar as raparigas do passado não é opção para mim. já fui despedido três vezes e continuo no desemprego. o problema é que amo acima das minhas possibilidades. candidatas favor enviarem CV com foto actualizada. dá-se preferência a supermodelos :)


De Framboesa a 26 de Junho de 2007 às 17:07
Não, não era...Mas devia ser...

Quantas vezes já pensei nisto, e não consegui traduzir em tão sábias palavras.

A Sissi está lá! Parabéns pelo texto

Beijinhos


De Mrs Jones a 26 de Junho de 2007 às 19:07
Nãããããooo.... também nunca tive recaídas nostálgicas com ex.

O ex não tem obrigatoriamente de deixar de existir (para verem como eu sou magnânima e generosa), embora seja muitas vezes carinhosamente recordado como "o falecido".

Dependendo da forma mais ou menos bonita, honesta e generosa como os laços foram desatados, o ex pode continuar a ser um astro na minha constelação.

Pode ser, por exemplo, um grande companheiro de pândega. Pode continuar a ser uma presença assídua e prazerosa no meu dia a dia. Pode ser aquele que contará sempre comigo, no matter what.

Posso aceitar-lhe (e agradecer-lhe) o ombro amigo, o abracinho protector e reconfortante. Mas assim para "colinhos" desses... não estou aberta (que raio de adjectivo traiçoeiro).

Gajo que já esteve nos meus lençóis - reais e afectivos - e saiu... não volta a entrar... nem nuns, nem noutros.

Jinhos.


De Serena Loucura a 26 de Junho de 2007 às 19:13
Pois esta Serena Loukura pode testemunhar que não há melhor queca qua a de ex! ( pelo menos até aparecer melhor ...)
No meu caso fui eu que me despedi, com justa causa mas não no coração, durante um ano não conseguia estar com mais ninguém ( embora estivessemos separados), continuava a fazer amor e não a fode-lo, o que já não acontecia com ele, diga-se de passagem. Mas o tempo vai passando, agora passados mais de 2 anos, continuamos a nos lembrar um do outro em tempos de aflição, e depois de alguns debicanços noutros petiscos e de esclarecidas as coisas, quando acontecem são magnificas!! E viva a foda de Ex, pode não servir p mais nada mas que dá uma boas lá isso não se pode negar...!( sem reconcilição possível senão estraga tudo!)


De Marta a 26 de Junho de 2007 às 19:59
belo texto! =)


De Sol a 26 de Junho de 2007 às 22:08
A fila anda... Próximo com senha, por favor ! ;)
Beijinhos,


De Friedrich a 27 de Junho de 2007 às 01:10
Se calhar, o "ex" quererá dizer excremento só que por uma questão de boa educação subtraiu-se o "cremento"... e assim ficou EX-NADA.


De River a 27 de Junho de 2007 às 01:25
A questão é que há ex's que se portaram tão mal, tão mal, tão mal, que obviamente não merecem sequer a nossa amizade!
Não posso dar uma de Mulher "open mind", arejada e tal... e ficamos amigos, blá, blá, blá... Quando um tipo foi um verdadeiro filho da puta! Ora!
O mesmo se aplica aos cavalheiros claro!
Que isto de "filhaputiçe" não tem género!

Se uma relação termina porque ambos entendem que o seu futuro não é em conjunto enquanto casal, mas sem magoar, sem "fazer mal", aí sim há amizade, claro.


De nuno a 27 de Junho de 2007 às 13:55
é nesta segunda situação que se dao as belas das quecas c as ex's.

n caso das "filhas-da-putice", qt mais longe melhor.

e q bem que nos sabe a outra pessoa ver q fez merda, querer tréguas, e nós mandar-mo-la po caralho e sair por cima...


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge