Quarta-feira, 11 de Abril de 2007
Historinhas de Encantar
As Historinhas de Encantar trazem-vos Ruben Fonseca, o meu autor favorito, o único que devoro sem pensar em mais nada. Um verdadeiro amante e conhecedor de mulheres, com todas as suas idiossincrasias, sejam elas boas ou más.

As mulheres magras são melhores para serem comidas por trás, ajoelhadas na cama, quando podemos contemplar toda a beleza das nádegas e do ânus da mulher e acariciá-la de todas as maneiras. As mulheres mais cheias, de seios fartos, são melhores para serem comidas pela frente, o peito dela afagando o seu.

Diário de um Fescenino

Update: a Bovary da semana passada lá continua. Se vivesse hoje seria a rainha das neuróticas. Como viveu há muitos séculos mostra coragem em assumir aquilo que não se esperava de mulher alguma. Para já apaixonou-se por Leão, viveu essa paixão em silêncio e deixou que o gajo se fosse embora. Pá semana logo vos dou mais updates. Mas não auguro nada de bom para senhora, tadinha.

publicado por sissi às 00:23 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Zezinho a 11 de Abril de 2007 às 01:58
a princesa me desculpe, mas sem querer parecer algo q nao sou...
... qual e a novidade que esse senhor nos esta a dar?? (falo em concreto da parte a "negrito".


hasta


De Skinstorm a 11 de Abril de 2007 às 02:14
E o RSS quando funciona?


De nelson anjos a 11 de Abril de 2007 às 06:21
- Áh! áh! áh! áh! áhhhhhhhhhhh !!! !!! !!!

A noite vai já adiantada quando a gargalhada tenebrosa, vinda algures das profundezas das caves do palácio se faz ouvir.

A cadelinha River, que se encontra no colo da Princesa recebendo os últimos mimos do dia, arrebita instintivamente a orelha e, farejando o perigo, solta um doloroso latido: - caim! caim! caim! Depois, refeita do primeiro susto, avança a sua opinião: - béu! béu! béu!

Sim.Sim, que devido à idade avançada não suporta já serões muito longos, desperta de forma intempestiva daquele estado de semi-sonolência, ergue repentinamente a cabeça e, pela primeira vez, diz “não, não” à Princesa: - Não! Não! Princesa! Não pode ser! É a voz dele! – grita esganiçada

Zé Terrível, depois de persistentes tentativas – qual Dâmaso queirosiano – conseguiu finalmente insinuar-se junto dos habitués do palácio, onde passou a ser tolerado, na condição de nunca abrir a boca a não ser para respirar, de tomar banho pelo menos aos domingos, feriados e dias santos, e de comprar sempre sem falta a FHM. No momento do riso sinistro encontra-se na casa de banho a bater uma punheta, enquanto olha a boazuda da capa do último número. Ao ouvir a gargalhada a cara faz-se-lhe lívida enquanto, no mesmo instante, da mão esquerda lhe cai a revista e da direita a piça.

Mizé, que entretanto ascendeu ao lugar de cabeleireira privativa da Princesa, solta um grito e cai de imediato redonda no chão, espalhando por todos os cantos os rolinhos que se aprestava a colocar no cabelo da sua ama.

Entretanto a gargalhada medonha volta a fazer-se ouvir, agora como se estivesse mais próxima: - áh! áh! áh! áh! áhhhhhhhhhhhhhhh !!! !!! !!!

Momentaneamente os corações deixam de bater e os corpos petrificam. E a voz escarninha continua:

- Princesa !!! Cheguei!!! Mande tocar as trombetas!!! Tam! Tam! Tam! Tammmmmmmm !

- Eu, euzinho, o mais desejado! O próprio! O dito cujo! Fui ao Japão levar petróleo, mas, na viagem de regresso o meu navio não resistiu às suas maldições e das suas aias e uma violenta tempestade arrastou-o para o fundo do oceano, de onde lhe falo.

Mizé, entretanto reanimada, solta um leve suspiro e volta a tombar para o lado, na cadeira onde se encontra a recuperar do primeiro choque, enquanto a voz continua a chicotear o silêncio da noite:

- O relato de maldições e tempestades ficará para mais tarde. Hoje quero apenas dar testemunho do quanto é chocante, para mim, depois de algum tempo de contacto com a civilização de progresso japonesa, chegar a este palácio e ficar com a sensação de que entrei num outro tempo infinitamente mais recuado.

- Oh Princesa, então aqui ainda se continua a fazer tudo à mão...!? – Masturbação à mão, sexo oral com a língua, o coito continua a ser uma promiscuidade de pénis e vagina, tudo misturado ... ! - Por amor de Deus Princesa! Isto ainda está na era da produção artesanal! Nem sequer à idade industrial chegou, quanto mais à dos serviços ...!? E estas reminiscências de canibalismo – comer a mulher por trás, pela frente ...! – O canibalismo já nem sequer aqui em África existe. O nosso último canibal de estimação foi o Bocassa.

- Então ainda não foi adquirida nenhuma daquelas máquinas de sexo integrado? – que eu recomendei antes de me ir embora e me predispus a financiar – ao menos a título de experiência piloto?

- Princesa, o sexo aqui está a ficar ao nível da idade da pedra! Pense apenas no seguinte: há quanto tempo já deixou de comer com as mãos e de as lamber? – Então porque insiste em manter o uso de mãos e da língua para práticas de sexo? Mesmo a penetração do sexo feminino pelo pénis masculino está ultrapassado, Princesa ! A máquina de serviços integrados e totalmente programável, em rede, 100% higiénica e totalmente asséptica é já uma banalidade em qualquer parte do mundo! - Este palácio encontra-se definitivamente de costas voltadas para a modernidade. E depois queixam-se que o país não avança...! Pudera ...! - Amanhã regressarei para falar da viagem e dessas novas experiências.

E a voz extingue-se por fim, numa gargalhada que deixa os corpos e os espíritos tolhidos de terror para o resto da noite, durante a qual Zézinho se irá cagar três vezes, com pesadelos, obrigando a mamã a ter de lhe mudar as fraldas outras tantas.

- Áh! áh! áh! áh! áhhhhhhhhhhhhhhh !!! !!! !!!


De Ze-o-Terrivel a 11 de Abril de 2007 às 08:24
Sissi, embora esse trecho do livro do tal Ruben Fonseca seja um bocadinho "olha, o gajo acabou de descobrir a polvora!?...", acredito que seja interessante, como diz. Ah, e também fiquei curioso em saber quais é que ele elege como as melhores para serem comidas em pé e de lado...!

Tal como a Bovary, ha mais neuroticos que vão aparecendo por ca, tipo fantasma de Opera rasca...

Cumps.


De Mize a 11 de Abril de 2007 às 08:52
E já agora Zezinho, no seguimento das tuas dúvidas, gostaria de saber que tipo de mulher gosta de levar porrada. Julgava eu, ser apanágio de gaja levar no toutiço e gostar! Pelos vistos ele há pretos que quanto mais levam no toutiço mais lhes desperta a criatividade.
Beijos e vénias


De sissi a 11 de Abril de 2007 às 09:47
Estimado Zezinho,
aqui não se descobre a pólvora nem o trecho tem esse fito. Como todos os outros bocados de prosa, pretende ser discutido. Por quem quiser.

Cumps


De sissi a 11 de Abril de 2007 às 09:53
Bolas,
troquei os zés e os zezinhos...sorry...mas o comment vale para os dois.
Cumps


De Ze-o-Terrivel a 11 de Abril de 2007 às 10:42
Ok Sissi, desculpe la a ironia barata, deve ter sido por causa do enjoo causado pelo cheiro a catinga que alguém deixou aqui.

De facto o Ruben tem razão, ao comer uma gorducha numa posição de canzana, para além das vistas não serem de encantar, também não é facil alojar a totalidade do membro sem ficar com uma valente dor nas costas, o que chateia imenso. E digo isto tendo sido eu abençoado por Zeus, o que dirão entéao os curtos de apendice?! Além disso, como ele diz, pela frente, sempre se pode tirar todo o proveito do ergodinamismo do "colchão".

Quanto às magras (não muito magras que isso é uma visão doentia), é muito mais do que canzana. Para ja, as vistas puxam e de que maneira, é sempre a aviar cartuxo... e se houver um espelho, então ainda se assiste ao filme pornografico com o melhor actor de todos os tempos, Aham!

Cumps.


De sissi a 11 de Abril de 2007 às 09:54
Estimado Skin,
não sei do que fala.
Cumps


De Marciana a 11 de Abril de 2007 às 11:23
Porque cada em cada mulher existe magia, cada uma a sua maneira.

(Vénia)

P.S. Morte ao gajo, não há cu para o aturar!


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge