Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007
Vamos lá a ver se a gente se entende de uma vez por todas...
Eu percebo que a blogosfera seja uma Finisterra, uma terra de ninguém que parece não ter regras nem barreiras. Até entendo que a coberto de anonimatos e outros mantos pouco diáfanos os visitantes dos blogs se julguem no direito de julgar. Nos outros sítios manda quem de direito, aqui mando eu. E aqui há regras para quem as quiser entender e cumprir.

Enfatizo: o altruísmo invade-me quando faço um esforço para compreender que existem pessoas que não foram abençoadas com a capacidade da retórica e a arte da argumentação. Tenho pena, mas é um facto. Há quem ainda não distinga o dichote do insulto, a simples divergência de ideias do ataque gratuito, o passeio virtual por si só da competição desenfreada e a luta pela last word.

Para se comentar neste blog (e digo-o neste tom maternal e paternalista ao mesmo tempo, como quem admoesta meninos pouco dotados cerebralmente e a quem temos que dizer as coisas over and over and over again...) a única premissa necessária é o respeito pelos outros. Curiosamente, é a aquela que mais vezes falha (não sei se reparam no tom que ainda persiste...) contrapondo com a soberba, sobranceria, idiotice e, pasme-se, até umas fímbrias de maldade que por aqui abundam.

Eu também podia mandar alguns de vocês pó caralho e dizer-vos para não se levarem tanto a sério que o conteúdo dos vossos comentários não pede tanta pompa bacoca, que isto era tudo muito mais giro se soubessemos ter uma boa discussão com o equilíbrio assente na seriedade e leveza, incongruentes mas possíveis.

Podia, mas não o fiz.

publicado por sissi às 01:04 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De clea a 28 de Fevereiro de 2007 às 20:27
Olá Princesa
Olá a todos

Hoje entrei aqui com o intuito de desabafar sobre o rumo desagradável que os comentários vêm seguindo e deparo-me com este post da Princesa que considero muito oportuno e que já esperava há alguns dias.


Aprecio bastante alguns comentadores que me habituaram a deliciosos comentários que me vão fazendo rir, sorrir e pensar. Outros, aprecio menos. Ainda há os que não aprecio absolutamente nada.

Certamente, o que eu escrevo também provocará alguma dessas reacções, ou piores, nos participantes que os lêem

Lamento que, de repente, até os que mais aprecio gastem o seu tempo respondendo a provocações que, na minha opinião, nem merecem resposta. A resposta acaba por valorizar a provocação, quando o objectivo deveria ser desvalorizá-la. Às vezes é melhor ignorar para não fazer crescer o que não presta.

Claro que cada um dá aqui o que tem e o que quer dar, como em tudo na vida. Mas será que o que se está a dar serve para alguma coisa? Bem, talvez sirva para aprendermos a comentar, caso estejamos com receptividade para aprender. Talvez….

Desejo que se trate apenas de uma fase e que rapidamente todos se recomponham, pois estava a ser muito divertido e interessante.

Espreitando o post seguinte constato que a boa disposição invadiu o reino, para mim já é um bom sinal :)


De Feels a 1 de Março de 2007 às 00:11
Não pude deixar de reparar que uns comments acima havia alguém que dizia que ia ficar a falar sozinha... pois bem proincesa, duas coisas para lhe dizer:
a qualidade deste blog não tem RIGOROSAMENTE NADA A VER com os comentários, tem a ver com a qualidade da sua escrita e a sua visão do mundo, pelo que se ficar a falar sozinha, pois fica muito bem (se calhar até melhor)e eu continuarei a ler!
para além disso as pessoas que não concordam que "my home, my rules" bem que se podem pôr a andar que não é por isso que estragam o dia à princesa... relamente acha-se tudo muito importante... já lhes levantou a auto-confiança, princesa, parabéns!


De Zezinho a 28 de Fevereiro de 2007 às 10:07
poxa... eu vim d uma aula de ed.fisica agr e pensava eu k ia ter assunto pa pensar durante as aulas...

afinal temos um "sermao" da princesa...

em relaçao ao pensamento oriental, estou de acordo com o nelson porque creio que (do que conheço) valoriza muito a honra de um homem, o caminho que ele escolhe, e o valor da palavra... ou nao sera nelson??

ate logo ;)


De Maria a 28 de Fevereiro de 2007 às 09:48
Cara Sissi,
Como muito bem diz em duas frases suas que apsso a transcrever:

"Eu também podia mandar alguns de vocês pó caralho..."

"Podia, mas não o fiz."

Acho que de facto era uma boa atitude, realmente como reafirma nos dois últimos dias, o palácio, diga-se blog é seu, como tal mande mesmo tudo e todos "Pó Caralho"...e depois fica sossegadita e a falar sózinha, é bom e não provoca alterações de humor.
Excelente ideia, parabéns.
Cumps.
Maria


De Mrs. Jones a 28 de Fevereiro de 2007 às 09:57
Nestas situações, como em tantas outras, o sentido de humor é fundamental.
Ter a capacidade de rir - de mim própria, das minhas convicções, dos meus medos, enfim, das minhas relações com os outros e dos absurdos da vida em geral - é o traço de carácter que mais útil me tem sido ao longo da vida.
O riso é terâpeutico. Ajuda a perspectivar e, paradoxalmente, a não cair no ridículo.

Menhir, bora lá ao café.


De nelson anjos a 28 de Fevereiro de 2007 às 08:58
Menhir

... e pode saber-se o que tem - suponho - assim tão profundamente contra o pensamento oriental?

Existe no pensamento oriental, em contraposição com o ocidente, um elemento com que este só ganharia em recuperar: o sentido do caminho.

Cá deste lado reconhecemos e privilegiamos principalmente os fins. O caminho, a viagem entre o início e o termo, "os entretantos", são, regra geral, remetidos para segundo plano.

Por mim, valorizo incondicionalmente essa vertente do pensamento oriental.

cumps.
nelson


De nelson anjos a 28 de Fevereiro de 2007 às 08:24
Ora, Princesa,

"... e como vou continuar assim", o registo geral do seu post, que até originou a minha beijoca, não evita que venha referir um aspecto lateral que me agradou menos.

Julguei ter percebido - esclarecerá, se o entender, se percebi mal - um velado convite à desvalorização: do que os outros dizem e do que dizemos. Diria mesmo o convite a um certo turpor acrítico. Se assim é, discordo. Discordo profundamente.

Num mundo já ele próprio profundamente desvalorizado, é precisamente o efeito contrário que é necessário prosseguir: valorizar.

E, a capacidade de crítica, no sentido filosófico do termo, - e tanto se me dá que ache a questão "pomposa" ou não - é algo que é necessário valorizar e manter desperto, lúcido e vivo. Para não se ser presa fácil dos tais truques de que fala o comentário (2)...

nelson


De Menhir a 28 de Fevereiro de 2007 às 08:36
Levar com isto logo ás 8 da manhã...
E eu que pensava que vinha aqui ao "café da esquina" conversar um pouco, trocar umas ideias e descontrair.
... e ainda com trechos do pensador ocidental mais oriental que conheço.


De Ze-o-Terrivel a 28 de Fevereiro de 2007 às 08:53
Sissi,

Antes da Internet e dos blogues existirem, dizia-se e muito bem que; os homens não se medem a palmos. Igualmente concordo que os homens também não se medem pela capacidade de retorica e pela arte da argumentação, mas pelos vistos nem toda a gente pensa assim.

Algumas pessoas simplesmente não toleram as opiniões dos outros que reflitam auto-confiança e tendem a julgar isso como uma provocação ou como arrogancia. Nunca percebi a razão, mas penso que se deve em parte à sua baixa auto-estima e a complexos de inferioridade, que virtualmente lhes permite dissimular e até se virarem do avesso, parecendo grandes personalidades.

Tenho esperança que um dia nos vamos todos conhecer pessoalmente e ter oportunidade de falar e discutir tudo isto cara-a-cara. Não ha nada melhor do que verificar se a bota bate ou não com a perdigota. Se não for assim, andamos aqui a gozar a enganar os outros, o que não devia ser o proposito da nossa participação.

Cumps.


De nelson anjos a 28 de Fevereiro de 2007 às 06:36
Então Princesa!? Afinal ... ?

Não há cartão vermelho para ninguém? Apenas amarelos...?

Nem sequer castigo para os donos da casa? - Mesmo depois dos respectivos serviços de segurança terem dado provas de uma enorme ineficácia, ao permitirem que o relvado fosse invadido por um adepto de coração frágil e temperamento exaltado, em estado de histeria total ? - Cuidado Princesa: sob o aspecto "normal" do mais comum dos cidadãos pode estar escondido um perigoso psicopata :-)

Princesa,

O relvado ontem esteve pior do que o Iraque! :-)

Isto foi a antevisão do caos! - o estado que antecedeu os tais sete dias da criação. Qualquer coisa parecida com o estado em que o país estaria hoje, se o Santana Lopes ainda estivesse no governo :-) (Aliás, cá para nós, pelo menos visto aqui de fora não parece estar muito melhor ...).

Princesa,

Altruísmo e magnanimidade ... mas não tanto! :-)

E, no que diz respeito ao respeito :-) pelos outros, salvo melhor opinião, não me parece ser aqui esse o problema. O outro é uma entidade virtual a que não me parece aplicável o conceito (mas deixo o tema para um futuro ensaio sobre a sociologia da blogosfera).

Por mim, no âmbito deste espaço, - precisamente por não o confundir com o espaço real - o que tenho, ou não, é respeito por ideias. E, por algumas, não tenho respeito rigorosamente nenhum. E vai continuar a ser assim ... até que o tal vermelho me possa eventualmente ser mostrado :-)

Princesa, hoje não resisto a uma beijoca !

nelson


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge