Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007
TPM # 20
E ao sétimo dia descansámos. Deixámos que a vida se intrometesse e que os atrelados e a bagagem viajassem à nossa frente e nos marcassem o trilho. Permitimos que as pechas nos invadissem e agora somos um para o outro apenas aquilo que todos os outro vêm. Deixámos de ser especiais. E sobretudo de filtrar as importâncias e as irrelevâncias. Vivemos sem pele e as poeiras fazem ferida.
Será que um penso rápido estanca? Pelo sim, pelo não, abasteci-me de uma quantidade deles.

publicado por sissi às 11:24 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Zezinho a 27 de Fevereiro de 2007 às 10:44
cara sim sim oh sim, eu nao acredito q o nelson era capaz de levantar a mao seja a q mulher for... e acho muito bem q pense dessa maneira...

de qualquer maneira, gosto de ver os comentarios que dirigem um ao outro...

a culpa e da princesa!!

fikem bem :)


De Ze-o-Terrivel a 26 de Fevereiro de 2007 às 14:33
Deixar de filtrar as importancias e as irrelevancias? Nunca!! por isso sou especial.

Cada vez estou mais empenhado e decidido em concretizar o meu projecto de vida, e para isso tenho que me orientar por regras e traves mestras estabelecidas e dimensionadas por mim proprio. Para estas poderem ser a segurança da garantia de exito da obra, terão obrigatoriamente que ser postas à prova e melhoradas ao longo da sua realização. Mas nas fundações ja não se mexe.

Terei a minha importancia quando houver o reconhecimento dos meus, que valeu a pena todo o sacrificio, e puderem constatar que tudo o que os nossos vis oponentes conseguiram, foi embelezar o nosso corpo com umas belissimas cicatrizes, as quais também os fazem consumir-se de inveja.

Oh nelsinho, vai dar banho ao cão!


De Daniela 1 a 26 de Fevereiro de 2007 às 14:52
As minhas feridas nunca mais vão cicatrizar.
Não encontrei até hoje (e já lá vai um ano)nada que as fizesse cicatrizar.Aprender a viver de uma nova forma tem sido um desafio pra mim que eu nunca pensei conseguir.

Mas a vida é assim cada um tem o que merece e bora lá com a vidinha prá frente.
Calminha .Kisses


De Daniela 1 a 26 de Fevereiro de 2007 às 14:55
Ò Zezinho tu és mauzinho!!!


De Menhir a 26 de Fevereiro de 2007 às 15:02
Foda-se, anda a querer baralhar esta humilde alma ?
Deu-lhe forte a Sissi, mas olhe que não há mal que sempre dure nem bem que não acabe.

Se se sentiam especiais é porque sofrem de paixão, e essa sobrevive ao 7º dia por mais irrelevâncias que aconteçam em redor.

Só deixa de se sentir especial, quem se subtrai á hierarquia divina do ocidente e muda de paradigma, por exemplo para o Taoismo ou Budismo passando a considerar-se parte do "continuity of bieng", o que não é seguramente e felizmente o caso.


De Feel a 27 de Fevereiro de 2007 às 04:20
...num antro de gente parva é o q isto se está a tornar...

Prepotências diversas e afins!

...desafortunadamente...


De Zeca a 26 de Fevereiro de 2007 às 17:16
Caríssimas (os),

Como sempre acompanho atentamente os posts da nossa anfitriã, assim como os vossos sempre oportunos ( ou não! )
comentários, e, não poderia deixar de notar o humor cáustico que emerge nalguns deles.
Reconheço que o humor cáustico é o mais dificil de conseguir mas com certeza o menos agradável de " ouvir ".

Humor sim, mas puro, inteligente, alegre, divertido, isso, no bom sentido.....


De Mrs. Jones a 26 de Fevereiro de 2007 às 17:36
Arre, princesa, qua a puta da TPM arregala-lhe mesmo a 3ªvisão. Tem tanto de lucidez como de hipoglicemia.
Anda uma pessoa a tentar aniquilar a sua própria neura e há logo uma mãozinha solícita para aplicar umas pedrinhas de sal nas chagas da auto-flagelação. E um tirinho de misericórdia, não?

Nelson, nunca, mas nunca, se fazem promessas públicas que envolvam o cu.


De Zezinho a 2 de Março de 2007 às 01:37
nao era d musica sacra q eu estava a falar, era d pop portugues... os k cantam a musica da nova novela da SIC!

esqueça la isso... vams maze comentar os posts d cima :)

bizou


De clea a 26 de Fevereiro de 2007 às 20:21
Olá Princesa :)
Olá a todos :)

Aprendi com a vida, outras vezes ela ensinou-me, alguns cuidados a ter com as feridas.

Se as feridas são pequeninas, nada melhor que as pôr a apanhar ar para que sarem mais rápido.

No caso das feridas mais profundas, mais duradoiras e mais difíceis de curar, há que ter outros cuidados, nomeadamente, colocar uma boa gaze, bem esterilizada, para não correr riscos de infectar, deixar arejar sempre que possível, ou ainda, na pior das hipóteses, recorrer a algum tipo de terapêutica.

O penso rápido não trata, causa dor ao tirar e deixa uma marca feia. Não gosto, nem aconselho. No entanto, acho que é útil para as crianças e para os adultos mais negligentes.

Claro que um bom diagnóstico facilita e acelera a cura.
E, convém Nunca esquecer que a pele é regenerável.

bjos :)


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge