Quinta-feira, 30 de Novembro de 2006
Sissi Responde - Macho Perdido
Cara Sissi,

Penso que já se haverá deparado com tal situação e como nos ofereceu, através da sua sabedoria e experiência de vida, a oportunidade de esclarecer a malta, pergunto-lhe:

Na sua opinião Real, como é que deixamos um gajo (que já nos foi íntimo no passado) de novo agarrado à nossa saia?

(Já agora, bonita ideia essa do Consultório)

Cumprimentos a Vossa Alteza, Agradecida.



Súbdita Devidamente Identificada


Estimadas Súbditas,

esta questão não encerra grande mistério. Não há solução para o desamor. Não há poções mágicas para quem não nos quer nem feitiços para reverter cisões. E esta é uma verdade insofismável. É tudo uma questão de mentalização e auto-disciplina. Quando alguém de quem gostamos muito deixa de revidar o melhor a fazer é estipular o período de nojo através do qual estamos dispostas a fustigações várias e choros e tristezas desmedidas. Não há regras, cada uma saberá as linhas com que cose o seu sofrimento. Como diz o Buda, o Tempo é o nosso melhor amigo, e eu acrescento, a seguir ao vibrador...tergiverso...

Depois da nojice do nojo, apanhamos os cacos e deitamos no lixo. Não vale a pena colá-los com cuspo nem com Super Cola 3. O que não tem remédio remediado está. Ou seja, nunca por nunca ser se degradem na busca de um revival de alguma coisa que já foi, teve o seu tempo. Deixem-nas nos anais da memória e evitem os walks down memory lane, pelo menos nos primeiros tempos.

Além disso, os machos são caçadores por excelência. Gostam de pensar que são eles que lideram a marcha e traçam o caminho. Não entendem a caça feminina como manifestação de apreço e esnobam-na na altivez da seus genes. Mesmo uma corte bem feita, em vindo de grelame, confunde os neurónios machos e obrigam-nos a trabalhar à vez. Ora um, ora outro...

Na realidade minhas queridas, uma vez neste contexto de macho perdido, coloquem-se a seguinte questão: ora se o gajo não me quer, porque raio vou eu querê-lo? Se sistematizarem assim a coisa e atentarem nos efeitos secundários da situação, rapidamente verificam que o caminhar se faz em frente...

Disclaimer: Este consultório não é profissional, como imaginam. Aqui não se resolvem problemas, conversam-se. O que terá apenas a importância que cada um de nós lhe der. As questões serão respondidas por ordem de chegada, todas as quintas-feiras.

publicado por sissi às 16:05 | link do post | adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge