Segunda-feira, 30 de Outubro de 2006
Sexo, esse grande maluco
Tal como tudo na vida, o sexo também tem partes gagas. Momentos hilários mas confrangedores, cenas patéticas mas envoltas em comicidade, momentos de puro riso embrulhados em embaraço. E quando a intimidade não está presente no sexo, essas situações multiplicam-se e ganham corpo, agigantam-se e apimentam a vida de riso colorido.

As manhã de sexo são momentos complicados quando em processo inicial de conhecimento. Quer a coisa fique por ali ou desembarque em casamento para a vida, a primeira manhã depois da foda é uma coisa que constrange. E porquê? Porque todos nós somos pessoas, fisica e biológicamente falando, antes daquela queca. E por mais maravilhosa que ela seja, por muito que queiramos acordar fantásticos de corpo e mente, as birras matinais, o cigarro costumeiro, a boca que sabe a papel de jornal, a ida a casa de banho, o suor que incomoda quando nada o sustenta, enfim, os hábitos que a vida nos ajudou a recolher fazem destas manhãs uma confusão de vontades e pudor.

Convenhamos: quem é que quer acordar e beijar o parceiro com um hálito de bode? E quando vamos à casa de banho? Não é desconfortável o barulho da bexiga na sanita ou de um ou outro gás que nos sai? Tomamos duche? Lavamos os dentes? Ou vamos a correr para casa? Tarefas tão simples como vestir e calçar tomam proporções enormes, como se não tivéssemos feito um broche ou mandado uma valente foda há 5 horas atrás.

De facto, da mesma forma que sabemos que o cor de rosa e o vermelho não se conjugam no mesmo coordenado, procurar o sexo e enfrentar a intimidade são processos que fazem parte de outro rosário.
Mas sobre isto falarei amanhã.

publicado por sissi às 15:55 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Susy a 30 de Outubro de 2006 às 18:26
para tentar resolver o assunto de ida à casa de banho, pós noite de sexo tive uma ideia excelente...
ora então, sentei-me na sanita e resolvi sincronizar o acto do fazer xixi e puxar o autocolismo ao mesmo tempo... uma bela ideia, não fosse o autocolismo parecido com uma mistura de cataratas com tornado e tudo para cima do meu rabo...


De Maneca a 30 de Outubro de 2006 às 18:32
Sexo, de facto 1 ganda maluco. Mas Princesa, esta imagem tão bem retratada por si desvanece com a fantástica foda matinal. Começa na cama e pode acabar na banheira, e que bem revitalizados saímos nós...! Gosto de pensar que este tipo de problemas se resolve bem com 1a boa foda, não acha ?

PS- Continue, pois este seu blog está divinal ;)


De Pluma(princesavirtual) a 30 de Outubro de 2006 às 19:14
Olá Princesa Sissi,

vim parar aqui porque tb eu vi o Programa do Herman!!

Fiquei curiosa...

Quando aqui cheguei a primeira coisa que fiz foi ler o teu primeiro «post».

O primeiro é o que vale ... e desfiz-me num sorriso é que me pareceu vagamente familiar.

Não tive tempo de ler muito mas gosto da irreverência, e da forma solta como escreves...

Mas o que me deixou rendida foi a tua resposta ao comentário ao/ou à Borat ahahahaha

Temos Princesa com buço na venta!!!

Parabéns (vou voltar)

Cumprimentos


De Cravo Fernandes a 30 de Outubro de 2006 às 19:17
Sinceramente, acho que o mal (ou o bem... não sei) de muitas pessoas é que veêm muitos filmes onde tudo é perfeito e as coisas reais passam, muitas vezes, ao lado da ficção (por muito boa que essa ficção seja)...

Eu passo a explicar:
Só no cinema é que tudo é perfeito, não existem gases fedorentos, mau hálito e mau humor matinal, cabelos despenteados depois de uma noite de sexo e sono, etc. (às vezes até existem)...

A vida real é aquilo que se sente (com os cinco sentidos)...

A habilidade do artista, está em saber dar a volta às situações e tentar minimizar o estrago da forma mais eficaz possível...

Nada que a experiência e o sentimento que se nutre pelo outro não amenize...

Viva o amor!!!


De Lanterna a 31 de Outubro de 2006 às 09:16
É mesmo de Princesa!!
Se a roleta do engate nos sortear alguém com quem praticar sexo casual... quem quer partilhar o sono a seguir?!
Alteza, é fazer o serviço com empenho e regressar ao castelo! Que isso do "amor e uma cabana" é para crédulos!! Além de que a luz do dia e a sobriedade são demasiado cruéis.
A não ser que o prémio sorteado fosse "o" jackpot. Mas isso...


De Maria a 1 de Novembro de 2006 às 21:42
Gostaria de um dia perceber a razão de tanto mal dizer sobre os homens, e passar o resto da vida atrás deles, criticando os seus defeitos mas usando o seu corpo...Quem sabe se um dia irei entender essa dualidade.


De amocoimbra a 31 de Outubro de 2006 às 01:27
Princhipesca:
Sei bem do que fala! conheço bem esse hábito a bode e esse sovaco mal cheiroso!... mas... acredite, isso são apenas momentos parados no tempos, coisas efemeras e que acontecem ocasionalmente. Quando se ama, esse cheiro a bode, faz-nos parecer rosas (mas que cheira a bode, lá isso cheira)
Mas os cheiros têm muito que se diga! O que é cheirar a bode? e isso é bom ou mau?...
Meu Deus, como somos todos tão diferentes... ainda bem!
Receba uma beijoca sem cheiro a bode deste amigo que tanto lhe quer...
Coimbrinha de gema


De ana afonso a 30 de Outubro de 2006 às 23:52
Ola Princessa
E fugir antes que tudo vire abobora??? Sera cobardia???
Abraços e sorrisos
ana afonso


De só se vive todos os dias a 30 de Outubro de 2006 às 23:29
há muito que procurava respostas concretas para o facto de masturbar-me muito e foder pouco e afinal ao ler este post fez-se luz.
obrigado
voltarei


De Esteril a 30 de Outubro de 2006 às 23:22
Mas será que os homems têm de mijar todos na tampa ou fora da sanita, só porque são homens?
A gaita não se pode apontar para o sitio certo?
Eu pelo menos tenho pontaria, é uma questão de treino... Se fecharem os olhos a relaxar com o alívio.. "AAhhhhhhh", eu entendo, mas a mão deve guiar o dito cujo, não serve só para tirar macacos do nariz ou fazer festas a alta velocidade (punhetas).
Já é tempo de acabar com o mito do mijo na tampa, quem o faz que limpe, quem não limpa é javardolas, não interessa se é homem ou não...


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge