Terça-feira, 6 de Dezembro de 2005
É a inveja, estúpida!
Meus caríssimos,
que dizer da hecatombe que se abateu sobre este blog? Que pensar do maior tsunami digital de que há memória desde que o O Meu Pipi (vénia em espanto reverente) decidiu recolher o seu marsápio para longe das ondas virtuais? O que fazer a respeito da tirania digital imposta pelos pécoras, bandalhos que invejam a altíssima qualidade e criatividade deste cantinho?
Que se fodam! Ou melhor, não. Que não fodam. E que, para aguentar as investidas verticais do Falo por domesticar, sejam obrigados a demolhar os tomates em água fervente e salgada ao mesmo tempo que uma cabra lhes lambe as solas dos pés até ao osso, ao melhor jeito da tortura chinesa.
Assim sendo, aproveitando o furor dramático, e porque estou em metadona dada a ressaca do convívio blogueiro, peço, encarecidamente, a quem perceba alguma coisa disto e não seja uma info-challenged como eu, que me ajude a decifrar uma forma de voltarmos a estas salutares tertúlias. E porque o hotmail também me está vedado, favor enviar mails, notícias, relatos, presuntos de Chaves, preservativos coloridos ou cuecas comestíveis para cenasdegaja@yahoo.com.br
Estou abúlica com tudo isto. E com falta se sexo, tal como já vos disse uma meia dúzia de vezes...


publicado por sissi às 04:50 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Rabbit a 5 de Dezembro de 2005 às 21:45
Sou o primeiro! Sou o primeiro!
Queres ideias para uma tertúlia ou something like that.
Tenho uma ideia gira!!!
Se quiseres saber apita....


De sissi a 5 de Dezembro de 2005 às 21:51
Rabbit,
o que queria mesmo saber era uma forma de aceder ao blog lá do bules...
Obrigada!


De Rabbit a 5 de Dezembro de 2005 às 21:55
ohh pá...
não fui útil....
Mas fui o primeiro a responder com prontidão


De sissi a 5 de Dezembro de 2005 às 21:57
Rabbit,
então nas foste? Manda lá a ideia para a discussão!


De Rabbit a 5 de Dezembro de 2005 às 22:03
então que tal...
um jogo do serão.
Um jantar caseiro com personagens.
A cada pessoa será dado um guião, a sua personagem, e como deverá vestir-se.
As receitas do jantar tb estão preparadas.
Cada pessoa terá que seguir essa personagem durante o jantar inteiro, e claro era mais interessante se as pessoas usasem máscaras.
A partir daqui ainda não finalizei o jogo...
está em elaboração..ideias?


De River a 5 de Dezembro de 2005 às 22:06
Uauuu!!!
Alteza, ñ sei o que pensa, mas eu cá, achei a ideia fantástica!!! :o))))

Tããããããããõoooo bom "revê-la"... :o'( q saudades...

Ainda nos mata de coração! Chiça!!!

bjs (e a vénia, pois...)


De Xeilá a 5 de Dezembro de 2005 às 23:10
Calma, Sissi, que problemas informáticos e bloqueios no bules são muito comuns. Diz a minha experiência que o primeiro passo é dar uma palavrinha amiga ao técnico informático lá do sítio. A partir daí a coisa resolve-se. Já tentou?

Jantar de máscaras? Hum, parece-me bem :-D Dificil arranjar máscaras fora da época de Carnaval... Ou nem por isso?


De Bock a 6 de Dezembro de 2005 às 09:27
Já estive num jantar assim.

E se a coisa for bem feita, pode ter muita graça.

Muita mesmo. Graça e não só. Mas isso depende do argumento, da predisposição das pessoas e de uma série de factores que não vêm agora ao caso.

No caso em apreço, havia empregados de mesa (também personagens do enredo) a servirem em trajes muitíssimo menores, e mais uns elementos assim a modos que algo spicy, que conferiram um cariz bastante erótico à festarola.

Não, não descambou numa orgia.

Mas estava feito para propiciar esse tipo de ambiente.

Podia ter sucedido. ainda bem que não aconteceu, porque não sabia onde me metia, se fosse o caso. Bang Bangs (com ou sem balão) e Gang Bangs (uma contra 10 ou 10 contra um) não fazem muito o meu género.


Seja como for, é uma ideia gira. A da festa, claro.

E comme d'habitude não me cheira que consiga arranjar disponibilidade para uma cóboiada dessas... mas é uma ideia muito simpática.

Quanto às informáticas, tenho quase tudo bloqueado aqui nos bules. Os blogs ainda não. Suspeito que porque gastarão poucos melgabaites ao servidor, mas lá virá o Armagedeão, o dia em que tentarei aceder e me aparecerá a simpática msg do web censor... na, na, na, na. Querias! Batatas com enguias...

Quando esse dia chegar, acho que cometo uma loucura...

E não me atreveria a tentar contornar as configurações dos web master. como disse o Explícito e muito bem, fica cá tudo gravadinho, registadinho, embaladinho, e o caralho a sete, e com isso na mão, não é muito difícil terem por onde engraçar connosco. :)

O que é sempre uma maçada!

Bom dia.

PS: de onde virá essa enigmática frase das batatas com enguias, como se de uma iguaria inimitável se tratasse? Blergh!


De Carlota Joaquina a 6 de Dezembro de 2005 às 14:04
Posso ir fantasiada de enfermeira? Nestes tempos de crise, sempre poupava uns trocos...


De Anonymous a 6 de Dezembro de 2005 às 15:07
Relativamente às informáticas,

- Aceder a um um serviço web, que o "admin" esqueceu-se de banir, não serve de prova cabal de que tenha tentado passar por cima de limitações impostas pelo admin. de sistemas da sua organização-

-É serviço Web, está aberto e pode ser acedido.

- Existem variadissimos fins para que se usam os serviços de proxy (os serviços de navegação anónima), um deles é mesmo esse,o não colocar cookies, objectos que permitem identificar infos pessoais do visitantes, entre tantas outras).
Poderia simplesmente alegar isso, que não gosta que recolham dados pessoais quando navega na net. E basta!

-O unico registo que o seu administrador de sistema vai ter é o simples acesso a um site de navegação anónima.Simples quanto isso.A partir daí, garanto-lhe com toda a certeza que não terá sequer hipótese (e conhecimento) para avaliar o que voce fez com esse proxy.


Concordo que se é para evitar que nos "puxem" o tapete (ou tentem), então o melhor é somente fazer o update a partir de casa ou então delegar essas funções a alguém durante o periodo de expediente.

De qualquer forma informo que enviei um email para a Sissi, disponibilizando-me para ajudar a resolver o problema. Ainda não obtive resposta.

Relativamente à festa:

Festas temáticas, com algum glamour e meio incógnitas mediante o uso de máscaras de veneza (à pseudo Eyes Wide Shut), são engraçadas.

Proponho algo muito mais arrojado. Vistam as vossas máscaras e entrem todos aos pares em qualquer clube swinger em Lisboa ou Porto.
A sugestão fica feita.

Ahh e claro que sempre podes ir vestida de enfermeira, Carlota. :)

Cps
BC


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge