Quinta-feira, 15 de Setembro de 2005
E vão 30!
Nada como uma converseta inocente sobre sexo para as caixas de comentários subirem em catadupa!!! Obrigada! You´ve made my days!
Já quase parecia aqueles jantares em que as pessoas estão letargicamente deitadas nas cadeiras, aborrecidas porque se falam de coisas tão anódinas como por exemplo, sei lá, delas mesmas, e de repente, alguém diz «nexo» e as pessoas ouvem «sexo» e a orelhinha vira-se em torno dessa homofonia, na esperança que alguém fale alto aquilo que se pensa baixinho... É de rir! É vê-los a acordar, e de repente os monossílabos dão lugar a frases completas, e dependendo do grau de excitação, a palavras com mais de três sílabas! Que malucos! Doidos! E depois damos por eles a dizer palavras como «cona» e «caralho». Uma intentona orgíaca verbal!
Entretanto a conversa, que estava centrada em generalidades, não raras vezes banalidades sobre sexo, começa a girar em torno de alguém mais afoito, que centra em si próprio e na sua experiência as ideias em debate. Nesse momento, os abutres entram. Os que estavam adormecidos. E atacam de mansinho as convicções alheias apenas porque os outros fazem e dizem aquilo que eles, na sua incomensurável cobardia, nem ousam sonhar.
Mas enfim. São essas pessoas, anónimas, que, muitas vezes, me fazem sorrir, do cimo do meu castelo altaneiro... Obrigada...


publicado por sissi às 02:56 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De noiseformind a 14 de Setembro de 2005 às 19:20
PRIMEIRAS!!!!!!!!!!


De Su a 14 de Setembro de 2005 às 22:56
deixa os abutres entrarem, eles acabarão por pousar ... rsrsrs
e como spre seu poder de argumentação é tão fraco/básico...q ficam por anónimos mesmo ....e anónimo não é gente é coisa !!!!
adorei teu post
jocas


De Bock a 15 de Setembro de 2005 às 09:41
Boa posta, caralho!


De sissi a 15 de Setembro de 2005 às 10:16
«Anónimo não é gente, é coisa»
Que inspirada Su, amiga nova!
Wellcome!


De Portuga a 15 de Setembro de 2005 às 10:17
Mas...

Ok, eu escolhi remover a opção de comentários anónimos do meu blogue. Fi-lo precisamente para ter alguma forma de identificação dos comentadores e ter alguma percepção do indivíduo. Em alternativa a ver o anónimo tomar diversas personalidades. Mas as alcunhas que cada um escolhe, mesmo que sejam o seu primeiro nome, não são mais que uma forma de anonimato. Quantas pessoas têm no seu perfil o seu nome completo? Quantas têm a sua fotografia? E dos que têm, quantos a têm de forma reconhecível?

Mudando de assunto, uma coisa que sempre me chocou (bem, talvez haja algum exagero na expressão) foi ver mulheres usarem a palavra cona. Excepto na cama, onde não me chocaria mas que me lembre nunca ouvi. Ora bolas!


De noiseformind a 15 de Setembro de 2005 às 13:00
Sissi, depois do meu arrufo infantil de há uns momentos ; ) cá fica uma reflexão mais profunda: SEXTAS!!!!!

Portugal,
Ai é? Realmente, rápida passagem pelo meu telemóvel permitiu-me apenas reconhecer que estou familiarizado com a palavra Foder. "Vamos foder?" "Hoje dá para fodermos?". Realmente, das duas uma. Ou andas com mulheres muito castas ou eu ando com mulheres muito devassas. Ou pode ser só um traquejo da língua, que como sabes é sorrateira ; ))))))))))))))

já agora como é que uma mulher ao fim de vários orgasmos te pede para tu a penetrares? Lembraste dos ditongos exactos? Aguardámos o teu contributo para o enriquecimento do debate ; )


De Anonymous a 15 de Setembro de 2005 às 13:06
Caro anónimo,

Normalmente elas referem-se à cona como algo intimo e pessoal, de respeitar quando tiver que ser, de mal tratar se assim for, enfim com personalidade (normalmente tem um nome carinhoso). Nós os homens? Caralho!!!

E sou anónimo como todos, ou querem arriscar a um encontro para tirar o véu?


De Portuga a 15 de Setembro de 2005 às 14:06
Noisecoiso, repara que eu só falei da palavra cona. Nada disse em relação à palavra foder. E não se pode deduzir nada em relação à castidade de alguém só por preferirem foder em silêncio, ou pelo menos, um discurso desarticulado.

Quanto à pergunta de carácter prático, devo dizer que normalmente me puxam a cabeça para cima. Dá para perceber a ideia sem grandes discursos.


De Bock a 15 de Setembro de 2005 às 15:15
Que cena, pá.
Isto resvala para a vulgaridade, ou é impressão minha?

Seja como for, bom blogue, muito bom blogue. Li umas coisas para trás e, epá...

Acho que já estou c(l)iente.


De Portuga a 16 de Setembro de 2005 às 09:46
// Portanto, qualquer dia destes faço um post sobre o minete...;-) //

Então vou estar com atenção :-)


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge