Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010
Cá merdas minhas

Dentre as muitas qualidades que me integram, a paciência nunca foi uma delas. Saber esperar é uma arte secreta que, na minha cabeça, sempre esteve guardada para os outros. Os que, dir-se-ia pelo estoicismo com que aguardam a vida, sabem coisas que eu desconheço, segredos que a minha cartilha não viu impressa. Ser paciente é ter confiança. Em si mesmo, nos outros, no Universo. Mas é, sobretudo, conseguir perceber que só o tempo torna tudo mais claro, daquela claridade que nos faz, subitamente, dar passos em frente com a certeza da mudança de luas e diferença de marés.

 

As relações, sejam elas quais forem, precisam de tempo. Nós todos precisamos de tempo uns com os outros. O próprio tempo precisa de calma no seu vogar e de não ser apressado. Parece-me pacífico e consensual. Assim sendo, porque raio, d'un coup, mergulhamos em histórias mal contadas, mal paridas e, no final, tão mal vividas? Como diz a canção: «first we take Manhattan, then we take Berlin». Mas não. Primeiro tomamo-nos de assalto, ao reclamar para nós a vivência das falácias que aprendemos a ouvir, e depois tomamos os outros de assalto, com as consequências que essas ideias pré-concebidas acarretam.

 

Exemplo? Simples. As metades da laranja. A pessoa que completa. O outro que é «tapa buracos». Os filmes e as músicas que ouvimos fodem-nos muito a cabeça. Estou por descobrir as letras que dizem: «o outro não é fita isolante». «O outro não tem culpa da minha falta de pai e mãe». «O outro existe por si só, respira sozinha e anda pelo seu pé. Ah, e já agora, eutambém.» Não me convencem com esta coisa do amor mágico. O que me obriga a desaparecer na pessoa com quem vivo para ser uma metade. Que caralho é isso? Eu sou inteira. E procuro um inteiro. Sou das que constrói e que adiciona. Na minha tabuada, um mais um serão sempre dois. Dois.



publicado por sissi às 16:33 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Ana a 24 de Setembro de 2010 às 21:39
Nem mais!


De Sofia a 25 de Setembro de 2010 às 21:12
É isto que eu aprecio nesta mulher! Abaixo o conformismo!


De CassandraintheUK a 26 de Setembro de 2010 às 18:41
Muito bom!


De PR a 28 de Setembro de 2010 às 13:45
olha que parecida comigo que tu és!
(isto não é bem um elogio)


De Andorinha a 28 de Setembro de 2010 às 14:05
Por ser inteira, sou solteira. E com muito gosto. Eu tb quero um inteiro.


De Anónimo a 19 de Março de 2011 às 13:14
A questão minha jovem é que se trata de 1 pelo outro ou seja 1x1 que toda gente sabe quanto e que da...


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge