Sexta-feira, 17 de Setembro de 2010
Are we?

Agora que estou de sabática e, por isso, mais do que apta a demorar-me sobre este esfusiante mundo blogosférico, tenho lido, com gosto, atenção, noveis blogs que me encantam e deliciam. Já aqui dei conta de alguns e continuarei. A blogosfera é como tudo. Com o tempo muda, novas pessoas vão escrevendo, outras ideias e formatos se vão desenvolvendo e é assim que o mundo pula e avança.

 

O que tive também oportunidade de verificar, e é sobre isso que me apetece elucubrar hoje, é na quantidade e qualidade dos comentadores. Não sei se devido ao facto de ultimamente ter de lidar com essa casta mais do que o costume, a verdade é que há pessoas que me fascinam pela pouca qualidade humana. E não falo apenas dos haters do costume, essa maltosa que se dedica com afinco a destruir o que os outros, mal ou bem, constroem. Falo também dos groupies de serviço, aqueles que perante um bufa mal parida do seu blogger de eleição, se apressam a largar «vivas» e «muito bom!» de forma tão eloquente e incisiva que, dir-se-ia, festejavam a cura do cancro.

 

Mas os mais engraçados são os que, sendo comentadores verrinosos, sempre prontos a trespassar o sabre pelos textos e vidas alheias, decidem criar o seu próprio blog e se tornam, rapidamente, fiéis depositários do seu próprio veneno. Porque as ervas daninhas, como se sabem nascem em todo o lado. É vê-los a defender-se, que as pessoas são isto e aquilo, que horror, carcará sanguinólento, numa amnésia apenas ligeiramente menor que o tamanho da maldade com que até aí brindaram os outros.

 

E reparem, eu sou uma life coach na minha vida real. Não me comprazo com a desgraça alheia, nem mesmo com a destes biltres. Mas questiono-me, com algum fervor, o que leva algumas pessoas a retirar do seu tempo de vida para escarrar para cima dos outros. E não me interessam as invejas, o não ter nada que fazer e outras razões comezinhas que tais. Interessa-me ir mais fundo. Estaremos mesmo rodeados de gente com mau fundo, sociopatas desta blogosfera que de pátio interior se tornou em planície alentejana?

 

 



publicado por sissi às 14:04 | link do post | adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge