Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010
Sissi na FHM - Long Live FHM

Esta é a última crónica que escrevo para a FHM. A melhor revista de homens do país, com a melhor equipa do mundo, vai fechar após a saída deste último número. E mesmo sabendo que tudo tem um prazo de validade, a começar pela própria Vida, não deixo de sentir uma já saudade e nostalgia pelos três anos e tal de amizade e carinho. Obrigada a todos por sempre me terem tratado como uma verdadeira Princesa. 

Beijos muitos. Love you all. 

 

 

 

Tal como tudo na vida, o sexo também está impregnado de conceitos e preconceitos que não têm outra finalidade que não alimentar discussões e conversas de prostíbulo. Ou de taberna. Ou de qualquer outro local onde o a dicotomia mental «homem garanhão, mulher vaca» se aplique relativamente ao número de parceiros sexuais de machame e grelame. E não há nada a fazer. Por mais voltas que a Terra dê à volta do Sol ou que o Sporting tente fazer um jogo decente, a verdade é que uma mentira dita muitas vezes pode mesmo tornar-se uma verdade. Insofismável, pelos vistos. Daqueles que nem as gerações vindouras poderão apagar.
E perguntam vocês: «Oh Sissi, rainha e não Princesa dos ditames sexuais, de que raio falas tu?» E eu respondo: da velha ideia instalada em tudo o que é cabecinha pequena, de que uma mulher com desejo e segurança suficiente para procurar parceiros sexuais é uma vaquinha, e um homem nas mesmas condições é um puro lusitano. Bem sei que discutir esta questão é um pouco como elucubrar sobre o sexo dos anjos, mas façamos este exercício. Até porque, à primeira vista, esta poderia ser uma ideia propalada apenas pelos machos. Ou seja, apelidar uma mulher de «fácil» ou de «porca» dependendo do número de homens com quem pública e supostamente dormiu, parece ser um trabalhinho sujo de um qualquer macho em fúria após levado um coice de rejeição. Mas é pior. Também nós, gajas, contribuímos igualmente, para que este tipo de vómito palavroso disfarçado de opinião nos acerte em cheio onde menos interessa: entre as penas e no meio da auto-estima.
Na realidade, não encontro uma razão concreta para tão adversa e díspar forma de tratamento. Porque razão um homem ganha crédito por degustar tudo o que tenha duas perninhas e um buraco e a mulher não possa aplacar a sua boca em todos os Falos que lhe apetecer? Porque razão as mulheres são estigmatizadas e os homens imunes às criticas? Porque razão uma mulher que pose para uma revista masculina é uma porca e um homem é só alguém que vai muito ao ginásio e tem bons abdominais? Porque razão, quando pensamos em mulheres que fazem da sua vida e do seu corpo o que bem entenderem, dotamos o pensamento de todos os adjectivos pejorativos e concretos que conseguimos encontrar, e quando pensamos num homem não vamos além do que os nossos olhos vêm?
Obviamente, isto não é de agora. Desde tempos imemoriais que os homens usam este tipo de double standard para o achincalho social das mulheres. É simples. Basta um chuto no traseiro ou uma nega mais elaborada que a palavra «vaca» facilmente substitui uma explicação real, verdadeira e, clara está, provinda de egos amachucados. Mas seria de esperar que em 2010 essa diferença já estivesse mais esbatida. Por isso, grandes queridos e grandes queridas, toca a pensar antes de chamar «fácil» a alguém. Cuidado com os telhados de vidro.


publicado por sissi às 19:05 | link do post | adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge