Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010
Sissi na FHM - Long Live FHM

Esta é a última crónica que escrevo para a FHM. A melhor revista de homens do país, com a melhor equipa do mundo, vai fechar após a saída deste último número. E mesmo sabendo que tudo tem um prazo de validade, a começar pela própria Vida, não deixo de sentir uma já saudade e nostalgia pelos três anos e tal de amizade e carinho. Obrigada a todos por sempre me terem tratado como uma verdadeira Princesa. 

Beijos muitos. Love you all. 

 

 

 

Tal como tudo na vida, o sexo também está impregnado de conceitos e preconceitos que não têm outra finalidade que não alimentar discussões e conversas de prostíbulo. Ou de taberna. Ou de qualquer outro local onde o a dicotomia mental «homem garanhão, mulher vaca» se aplique relativamente ao número de parceiros sexuais de machame e grelame. E não há nada a fazer. Por mais voltas que a Terra dê à volta do Sol ou que o Sporting tente fazer um jogo decente, a verdade é que uma mentira dita muitas vezes pode mesmo tornar-se uma verdade. Insofismável, pelos vistos. Daqueles que nem as gerações vindouras poderão apagar.
E perguntam vocês: «Oh Sissi, rainha e não Princesa dos ditames sexuais, de que raio falas tu?» E eu respondo: da velha ideia instalada em tudo o que é cabecinha pequena, de que uma mulher com desejo e segurança suficiente para procurar parceiros sexuais é uma vaquinha, e um homem nas mesmas condições é um puro lusitano. Bem sei que discutir esta questão é um pouco como elucubrar sobre o sexo dos anjos, mas façamos este exercício. Até porque, à primeira vista, esta poderia ser uma ideia propalada apenas pelos machos. Ou seja, apelidar uma mulher de «fácil» ou de «porca» dependendo do número de homens com quem pública e supostamente dormiu, parece ser um trabalhinho sujo de um qualquer macho em fúria após levado um coice de rejeição. Mas é pior. Também nós, gajas, contribuímos igualmente, para que este tipo de vómito palavroso disfarçado de opinião nos acerte em cheio onde menos interessa: entre as penas e no meio da auto-estima.
Na realidade, não encontro uma razão concreta para tão adversa e díspar forma de tratamento. Porque razão um homem ganha crédito por degustar tudo o que tenha duas perninhas e um buraco e a mulher não possa aplacar a sua boca em todos os Falos que lhe apetecer? Porque razão as mulheres são estigmatizadas e os homens imunes às criticas? Porque razão uma mulher que pose para uma revista masculina é uma porca e um homem é só alguém que vai muito ao ginásio e tem bons abdominais? Porque razão, quando pensamos em mulheres que fazem da sua vida e do seu corpo o que bem entenderem, dotamos o pensamento de todos os adjectivos pejorativos e concretos que conseguimos encontrar, e quando pensamos num homem não vamos além do que os nossos olhos vêm?
Obviamente, isto não é de agora. Desde tempos imemoriais que os homens usam este tipo de double standard para o achincalho social das mulheres. É simples. Basta um chuto no traseiro ou uma nega mais elaborada que a palavra «vaca» facilmente substitui uma explicação real, verdadeira e, clara está, provinda de egos amachucados. Mas seria de esperar que em 2010 essa diferença já estivesse mais esbatida. Por isso, grandes queridos e grandes queridas, toca a pensar antes de chamar «fácil» a alguém. Cuidado com os telhados de vidro.


publicado por sissi às 19:05 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Falas bem mas não me convences a 19 de Fevereiro de 2010 às 22:01

Trata-se de trocar o amor pelo sexo.

Isso? nunca.

Felicidades para ti, Sissi, boa sorte.

A carne é fraca...mas nem toda...

Nothing personal.


De a que abana a cabeça... a 20 de Fevereiro de 2010 às 00:39

eu pensava que pessoas com esta mentalidade não sabiam mexer em computadores...

troca???

sissi, plenamente de acordo. woman power é perigoso, há que minar as gajas auto-confiantes...


De Vodka a 19 de Fevereiro de 2010 às 23:53
Querida Sissi, it's common double standard of society...e está para ficar. Vivemos num mundo rodeado de machismo, onde nem a gramática foge à essa regra.
Parece-me que a emacipação das mulheres fez estremeçer o mundo dos Homens.
Compreendo que eles ainda vão levar mais alguns anos a acerteram as agulhas e saberem qual o novo papel que devem desempenhar ao lado desta nova mulher: decidida, segura, com objectivos, que sabe abrir/fechar a porta do seu carro topo de gama,... acima de tudo, que sabe o que quer e quem quer na sua vida( ou cama).
Qual a defesa dos Homens? Chamarem "vaca"! ( Faz-me lembrar as discussão da Primária... a criança dentro de nós nunca cresce...).

bacci bacci


De Ace a 20 de Fevereiro de 2010 às 19:05
Coitadas,

Sempre a mesma história, simplesmente querendo ser aquilo que tanto criticam no homem, pobreza de espirito e outras coisas.


De Curioso a 23 de Fevereiro de 2010 às 20:48
Não costumo comentar muito em blogs mas não resisto a dizer-te uma coisa os piores inimigos das mulheres são ..............as próprias mulheres,pelo menos em relação aos assuntos de ser ou não ser vaca se tiver muitas pilinhas e gostar de brincar com elas.Tanto nas comunidades onde se practica a excisão genital onde são as mulheres mais velhas até ás velhas ciganas que são as primeiras a ir ver se o lençol tem sangue após a noite de nupcias ,as mulheres quanto mais vellhasmais raiva sentem das mais novas que querem gozar a vida como elas nunca se atreveram a pensar no seu tempo,alem que para a maioria das mulheres as ditas vacas são uma ameaça ao seu homem e falando deste assunto da traição ,quem partilha da visão retrógada acha que nas facadas no matrimonio a culpa é sempra da vaca ou da puta que lhe roubou o marido\homem(tipo movimento mães de bragança) e nunca do macaho em si .Eu adoro este tipo de mentalidade que me iliba de tudo ex:-"Querida eu não tive culpa ,sabes como é ...ela deu-me a volta á cabeça ,é uma feiticeira e tal e coiso...."
Enquanto não pararem de olhar para as vossas irmãs da cabeça aos pés a tirar medidas e a analisar e dizer mal das roupas não saem da cepa torta .Já alguma vêz ouviram homens a criticarem a roupa ou estilo de outros homens?(quando falo de homens falo do tipo mais normal,não contam aves raras e não me venham acusar de homofobia que não tem nada a haver com isso)

Tenho dito


De BadKitty a 20 de Fevereiro de 2010 às 00:31
Creio que o orgulho ferido do típico macho man português, ao ver-se "comido" e ultrapassado pelo colega do lado logo a seguir, está na origem de todo esse movimento que despreza a liberdade sexual feminina.

Para além disso, a mentalidade masculina ainda não mudou desde a altura em que se faziam concursos de donas de casa desesperada, mães e esposas extremosas, em que a satisfação sexual da mulher era um verdadeiro tabu, e o mínimo contacto físico era feito por cima de uma combinação de flanela, e a simples penetração por meio de um buraco na mesma.

É por estas e por outras que acredito que hajam lésbicas. Porque com certeza ambas as partes evoluíram no tempo e não ficam à espera que lhe lavam as meias sujas, façam o comer, ou que lhe vão entregar uma mini ao sofá. Mas contudo continuaram a ser vistas como porcas... e desta maneira elevado ao quadrado!


De a que assina por baixo a 20 de Fevereiro de 2010 às 00:33
Completamente de acordo.
É triste, mas é a mais pura realidade.
Uma mulher que sabe o que quer e que faz o que bem lhe apetece é uma vaca, na opinião generalizada. Também sinto que essa é a opinião dos que levaram uma tampa; mas é, ainda, a opinião de todas as pessoas, homens e mulheres, que não sabem que têm dentro deles a vontade e a coragem de viver a vida conforme lhes apetece... Daí que haja um inveja que motiva a apontar o dedo, enquanto se imagina secretamente como será ter tanta auto-confiança e sorrir aos homens de forma sedutora...
Eu sinto pena dessas pessoas.



De BCool a 20 de Fevereiro de 2010 às 04:31
Voto "falas bem mas não me convences"!!

Sou um tarado sexual dos tempos modernos mas, até agora, n percebi bem qual o vosso grande triunfo como mulheres...

O "amor faz-se via sexual", fazer sexo amando é uma coisa do passado, é o que vocês todas sonham fazer, lá bem no fundo...perdoem-me o optimismo, sou um romântico e, por mto bom sexo que já tenha feito anseio pelo amor, já que este é "material" tão raro nos dias que correm...

A questão é: será alguém digno do amor se o troca única e exclusivamente por sexo? Não creio, mas uma opinião não passa disso mesmo. Fazer sexo é fácil, para a maior parte das pessoas, se pensarmos bem, sexo pode-se fazer a qualquer hora do dia com qualquer pessoa, basta que se queira que há sexo para todos...afinal, qual é o choque? È essa a grande vitória feminina? Andar de pau em pau? Como o homem anda de cona em cona? Isso faz-se há séculos...não é de agora, agora é cara podre e é essa a única diferença.

Ficam todas contentes pq agora conseguem abrir a porta do carro topo de gama e escolher quem querem para vocês? WOOOOOOOWWWWWWW!!!! Parabéns!!! Mas dito isso com tta sofreguidão, é pq vocês próprias não se têm em grande conta e mto se subestimam! È vdd, vocês são mesmo capazes de abrir portas de carros e, ao mesmo tempo, serem tb capazes de escolher o vosso homem! È obra!!:) Vocês não são + que um homem, nem um homem é + que uma mulher, somos iguais. È como pessoas que temos de ser melhores ou piores mediante as nossas acções, boas ou más.

Há meninos e meninas bem comportadas e, meninas e meninos mal comportados. E o que vocês mulheres nos fazem a nós é, simplesmente o mesmo que nós fazemos convosco, vocês trocam-nos a nós, a seguir nós trocamos vocês, vocês trocam-nos a nós, nós a vocês...sucessivamente...

Quem ganha?

Ng.

Ganha o amor, pois sem ele fartar-se-ão de viver...sem ele o mundo é banal, sem ele o mundo é carnal e cru, e perdoem-me, mas eu sou mto mais do que isso, aspiro, talvez, a uma utopia do amor. Pois a carne não é nada + do que carne...é carne que por mto que coma não me alimenta, carne que n tem sabor.
È o amor que quero mas se não existe que venha o sexo...afinal, eu gosto tanto, como tu gostas.

È uma visão mto minha...e será tua, se a vires.

Qdo nós vos damos aquela foda que vocês acharam tão proibida e especial, tão quente, qdo acharam que o sexo foi tão bom...normalmente foi, pq, qdo o homem n ama, fode sem se vir, só por foder, com metade do prazer mas com todo o pau em sentido, vocês vão à lua e nós só queremos fugir dentro de 10,9,8,7,6,5,4,3,2,1,0...logo a seguir a nos virmos. Pq? Pq vocês são meras presas, vocês passarão de bestiais a bestas e, nós vamos querer fugir e tomar banho, o vosso toque subitamente causa-nos repugnancia e nojo, por mto que o disfarçamos...é cru mas é verdade.
Qdo o homem ama, o sexo é mais intenso, e o pós sexo um prazer...

Somos todos iguais mas nem todos agimos da mesma maneira...sei que mtos homens me compreendem...

O que é bom para ti pode não ser para mim, agora, liberdade é bom para todos seja ela a que nível for. Qual é a dúvida mulheres?

A emancipação da mulher é, obviamente, uma coisa maravilhosa, tb eu sou um dos seus maiores apoiantes!Todo este processo de emancipação já me trouxe bastante prazer, e aqui, o prazer é de todos...puritanos já não existem...pensem + longe + longe que a vossa emancipação...pq é igual à nossa emancipação, aquela que já foi há mto...

Os homens não prestam mas, querem ser como eles?
Fico confuso...:)

No entanto, um pouco de tradição não fica mal a nenhuma mulher. Só um pouco de tradição, qb.

Vejo os homens a serem apedrejados neste blog, sem razão. Vocês, mulheres, estão tão cegas e revoltadas contra os homens que, generalizam e julgam-se agora grandes donas da faca e do queijo:)? Ainda há homens a sério e esses? Vão dar lição...Pois venham, venham a nós emancipadas, pq nós agradeceremos com as nossas pilas duras e em riste, prontas para vocês suas "mulheres agora tão feitas e iluminadas"..:)

Venham, nós não censuramos:),nós? censurar?:) Assim é que vocês se sentem bem, no vosso lugar...tão egocentrico...

Se não encontrarem a pessoa certa...perguntem-se...pq será?

O amor será cada vez + raro...a humanidade é carne, deus é espirito...misturem!


De a que se espanta com a bestialidade a 20 de Fevereiro de 2010 às 16:36
há gente mesmo doente...

não se trata de trocar coisa nenhuma, menos ainda trocar o sexo pelo amor...

enquanto não aparece o amor (o real, não o utópico idealizado por quem tem demasiado tempo livre e pouca experiência de vida), goza-se, brinca-se, tem-se prazer com pessoas que também não buscam mais que isso. simples.

é divertido, liberta o corpo e a alma de ilusões ingénuas e patéticas.


tenho muita pena que nem toda a gente consiga chegar lá...


De NN a 20 de Fevereiro de 2010 às 12:46
Concordo com a Princesa em tudo, em género, número e grau!

E sabem quem é que alimenta esse preconceito? As próprias emancipadas sexualmente! Conheço duas ou três que chamam vacas a torto e a direito, têm N preconceitos contra as outras mulheres, e fazem vidinha de motel hoje com um, amanhã com outro, e sempre a chamar vacame a tudo o que lhes possa fazer sombra. Um género detestável, mas relativamente comum. As vermes do sexo, e do sexo feminino.

Olha, e não vás sem resposta. Outro dia, na rua, um idoso disse-me um piropo ordinário, levou um "raio do velho!" e eu levei logo com um "vaca do caralho" pela proa. Quer dizer, devia-lhe ter respondido "Possui-me, já, aqui, agora, és lindo!" (à entrada do metro do Rossio)?


De Bcool a 21 de Fevereiro de 2010 às 03:06

Sem stress:), na boa:)! Em relação ao tema? Parece-me tudo mto normal e óbvio, a obrigatoriedade de "brincar" até se encontrar o verdadeiro amor? é a única alternativa para quem ainda não o tem ou, encontrou, é uma circunstancia da vida, uma condição, pq o amor n aparece, fazer sexo é bom e distrai...é simplesmente uma coisa que, pela lógica normal da vida, acaba por acontecer com toda a gente.

Mas, só se o amor n estiver no horizonte...e nem todos temos os mesmos horizontes.

Já agora, só um aparte, há mulheres que chegam a conclusões, dignas de uma medalha de ouro..:)5+5=10!!!:)

Respeito todas as mulheres, até aquelas que não gostam de mim:)

Mas,

desejo-vos a todas, mta sorte e mtas alegrias nas vossas relações, o que importa é que sejamos felizes, sendo quem somos, fazendo o que fazemos e, sonhando o que sonhamos.
Respeito por todos vós, uma opinião, é só uma opinião...n me levem a peito, daqui a 1 minuto já n me lembro do que escrevi aqui...foi só mesmo uma opiniãosinha:)

Beijinhos,

E sim, enjoy!

:)




De P a 21 de Fevereiro de 2010 às 11:38
Olá,

eu concordo com o que a Sissi disse, mas as mulheres que aqui comentaram, põe nos homens toda a responsabilidade desse julgamento na praça pública que as mulheres de espírito livre são alvo. A questão é que são outras mulheres as primeiras a apontar o dedo. Há uma formatação cultural muito profunda, e é muito simplista da vossa parte reduzir isso a uma simples conspiração machista.

E por favor, não façam isso de esfregar na cara dos homens "tás a ver, sou tua chefe, que tal é ter uma mulher a mandar em ti?", isso é ridículo. Não pensem que todos os homens têm essa mentalidade. Um homem que se preze tem todo o gosto em trabalhar com uma mulher, apenas a competência é relevante.

Mais um coisa, estão a ver os gajos que comem as gajas todas? É a maior alegria que lhes podem dar, quando lhes falam dessa libertação sexual, vão continuar a ficar com as gajas todas, e com menos trabalho, vão-lhes parar ao colo. Não estou a choramingar :D apenas constato o que vejo.

Como homem digo-vos, sem paternalismos, espero que chegue o dia em que as oportunidades sejam iguais para todos.



De Zé das Cricas a 21 de Fevereiro de 2010 às 13:45
Pois eu cá não chamo vaca a ninguém, nem porca, nem puta. Quer dizer, puta sim, mas só aquelas que se passeiam alí na zona do Intendente...

Adiante...

Eu sou totalmente a favor da libertação sexual das mulheres. Elas buscam prazer e nós buscamos prazer. No final das contas, ficamos todos satisfeitos.

Poderá ainda alguém hoje em dia achar que as mulheres só abrem as pernas para mijar e parir(bem sei que não é pelo mesmo buraco, antes que alguém me venha atacar de ignorantre)?!

Não, não, não. As mulheres abrem as pernas para se vir! E fazem elas muito bem, caralho!

congelado | discussão

De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2010 às 17:25
Sou sua fã!


De Zé das Cricas a 22 de Fevereiro de 2010 às 17:40
É tão bom ter fãns!

Vá lá ao meu blog, veja o meu email e entre em contacto...

Aguardo...

Beijos!


De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2010 às 17:44
Já fui ao blog.
Sou a FiLx.


De MadCockInStock a 21 de Fevereiro de 2010 às 21:35

AHAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAH!!!!

O pessoal está finalmente a falar em Português!!!

Querem foder? Bora lá então:)! Os homens estão convosco nesta vossa libertação sexual!!:)

Eu cá acho mta piada a este histerirsmo feminino:)



Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge