Quarta-feira, 4 de Novembro de 2009
Sissi no METRO - Love

Cara Princesa,

Estou apaixonada. Estou irremediavelmente arrebatada por um Amor tão grande que chego a ter medo das proporções desmedidas que me abalam o sistema e a vida, há mais de um ano. Mas esse não é o problema. O problema é que a criatura, o homem perfeito para mim (…) está apaixonado pela ex-namorada, há mais de três anos. A ex-namorada, boa e sensata moça, tem casamento marcado (com outro, naturalmente). Ele, a criatura, vive num misto de arrependimento e esperança, escuda-se na fixação pela ex para se recusar a entregar o coração e a alma. Por mim, diz que nutre amizade e carinho, o que se traduz numas aventuras carnais esporádicas, mas não mais, pois que não substituo a ultra-fabulosa ex. Às restantes fêmeas, poderá dar hipótese. A mim jamais. Tentei esquecê-lo, ultrapassá-lo, substituí-lo. Sucesso 0%. Sugestões para conseguir a hipótese de felicidade com que, para já, me contentaria?

Estimada Leitora,

Antes de mais, urge parar com essas «aventuras carnais», como lhe chama, ainda que esporádicas. Se quer, de facto, esquecê-lo, tente afastar-se o mais possível do seu objecto de desejo e parta para outra. Perpetuar esses encontros não lhe vão trazer o quer, ao contrário, vão brindá-la com o que não quer, ou seja, com a insatisfação, frustração e tristeza que sempre trazem um amor não correspondido. Se, de facto, ele lhe diz e mostra que nutre por amizade e carinho, não me parece que haja uma fórmula mágica para o que procura. Aliás, parece-me que está à procura da coisa certa no local errado, ou seja, procura ser feliz com alguém que não a ama. E, assim sendo, só lhe resta afastar-se, lamber feridas, levantar a cabeça e seguir em frente. O que, talvez, fosse interessante perceber, é o que, na realidade, a liga a esse homem? O que é que ele tem de especial que a faz querer tanto e aceitar receber tão pouco? Pense nisso…

 

 

 

 

 

 



publicado por sissi às 18:32 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De kronos a 5 de Novembro de 2009 às 19:04
E MAI NADA!!


De NN a 6 de Novembro de 2009 às 18:39
São sempre precisos dois para dançar o tango...
Numa união e numa desunião, quanto mais equilibradas estiverem as forças, mais harmoniosas elas se tornam. Quando ambos têm "culpas" e vontade numa separação, o mais aproximado possível dos fifty-fifty, mais fácil é a separação. Assim como nesse namoro, e em todos... o ideal é ambos terem 50% de vontade que ele aconteça e se preserve. Se um tem 60% e outro 40, há um pequeno desequilíbrio que acho que qualquer apaixonado suporta. Se calhar a leitora está a dar 80% e ele 20. Mas é tão compreensível para quem sabe o que é essa paixão, esse amor desmedido!

E a experiência de se afastar, desaparecer do mapa (que é cada vez mais difícil por causa do raio dos gadgets), deixar-lhe o recado a bâton vermelho no espelho (metaforica ou literalmente falando) "se tiveres saudades, sabes onde eu ando", não dará nada? Fazê-lo desequilibrar-se, ficar sem pé, às vezes pode resultar. Ele está tão certo do seu amor...

Boa sorte.


De Sofia a 9 de Novembro de 2009 às 13:24
Ainda não consigo perceber porque razão as mulheres insistem em dar cabeçadas na parede...


De Zorze Zorzinelis a 10 de Novembro de 2009 às 00:50
Simples. Uma das 3:

a) Guito
b) Posição hierárquica
d) Necessidade própria que a mulher procura para sofrer


De Sofia a 11 de Novembro de 2009 às 10:19
Diria que é mais a necessidade de ter uma relação, mesmo que ela seja uma grande porcaria. Mas há homens que também são assim. olha não sei, há coisas que não consigo entender, nem explicar, mas custa-me ver alguém não quer apenas o melhor para si próprio.


De Óscar Delgado a 10 de Novembro de 2009 às 11:45
Sofia, essa coisa das cabeçadas na parede é para variar. Desde há muitos séculos que eram os grandes guerreiros da masculinidade que davam grande cabeçadas nas mulheres.

Cara, são sinais dos tempos.


De Sofia a 11 de Novembro de 2009 às 10:22
Ehehe ! Guerreiros da masculinidade? Essa é boa!


De Ventania a 11 de Novembro de 2009 às 21:19
maybe it's all misunderstood...


De FataYognia a 1 de Dezembro de 2009 às 02:33
O melhor é mesmo seguir em frente, se ele só diz que sente carinho, e se sentes um grande amor por ele então as aventuras sexuais esporádicas só te fazem sentir pior.

Às vezes a vida exige um momento de solidão, de te dedicares a ti mesma, fazeres o que gostas, tudo aquilo que sempre quiseste fazer, amares-te a ti mesma. Vais ver quando menos esperares o príncipe encantado vai aparecer, provavelmente é alguém que já conheces há muito. Quando te sentires bem contigo, vais ver esse homem vai querer voltar e tu estarás nas tintas para ele.

Good Luck and enjoy life, we have just one!


De anonimo a 31 de Dezembro de 2009 às 23:03
Mas que raio de conselheiros da treta!
Sempre a tentar os outros para desistirem!!!
já fui casado o meu casamento morreu por falta de carinho, por falta de amizade, o sexo foi perdendo a razão de ser humano, doce, desejado, passou a ser um cena mecânica sem sabor, uma moeda de troca para favores financeiros, e a paixão ficou na recordação, lá atrás nas primeiras facadinhas no matrimonio...
Uma paixão verdadeira e saudável não se esquece não se substitui nunca. É como o amor por um filho ou pelos Pais e Avos, e sempre que aprendo apaixonar-me de novo eu fico mais forte emocionalmente e mais respeitador da liberdade das musas que são e foram objecto dessas paixões,... liberdade de ser e sentir é o que falta na tua historia, deixa o teu amigo apaixonar-se por ti, e deixa essa de ser possessiva , e lembra-te que só serás a primeira mulher da vida do homem que é o teu filho. Apaixona-te por ti!
Mas, verdadeiramente só tu é que podes saber o que fazer!
Tenho uma vizinha por quem fui e sou super-mega-apaixonado há 30 anos, infelizmente não tenho experiencias carnais com ela, mas não me importava nada. Estou vivo e apaixonado pela vida e se um dia surgir oportunidade eu farei o meu melhor, por lhe agradar, e agradar-lhe pode ser só um sorriso, desejar-lhe uma boa-tarde, entendes.. Ela sabe que sou apaixonado por ela, porque um dia em criança eu me declarei romanticamente, depois dela aprendi apaixonar-me mais umas cinquenta vezes, e todas as mulheres a quem me declarei sabem que eu gosto delas de uma forma especial, e sempre que me cruzo com uma, eu fico feliz por saber que estão bem e de saúde , e quando estão mal eu procuro ajudar...e se aprender hoje apaixonar-me por ti, essa será a minha maior paixão e se me corresponderes viveremos apaixonados até decidirmos acabar mas garanto-te que nunca esquecerei essa nossa paixão e vou utilizar a experiencia para na próxima ser ainda melhor, corrigir os meus erros, entendes...
Seduz com alegria com felicidade porque sedução é a actividade mais bela e maravilhosa que Deus nos permitiu, produz-te, não te deixes levar em obsessões tolas, se as coisas não resultam de uma forma tenta de outra, epa vai a luta mulher, vence!!!
E só mais uma coisa: -Ele pode ser super apaixonado por ti, mas tu nunca saberás de verdade!!!


De resultado lotomania a 19 de Maio de 2010 às 19:27
Belo texto !


De Hotel Belo Horizonte a 19 de Maio de 2010 às 19:31
a mais de três anos ???
Fala tudo isso ai pra ele e pergunta se ele não é homem o suficiente pra ficar com você.


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge