Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009
Sissi na FHM - Funny Guys

Se perguntarem a qualquer mulher sobre qual o conjunto de características masculinas que faz os seus corações baterem mais forte e as feromonas correrem mais rápido, o sentido de humor está, seguramente, no topo. É garantido. Por mais que vasculhemos a nossa lista de atribuições masculinas, seja qual for a forma como a interpretemos e a importância que lhe dermos, a capacidade de rirmos com quem partilhamos o quotidiano é das argamassas mais fortes que podemos ter a sorte de desencantar numa qualquer esquina da vida.

O grelame gosta de rir. E gosta de rir, sobretudo, com o machame que a come por trás e lhe dá miminhos a seguir. É oficial e vem nos livros. Perante uma piada bem esgalhada, daquelas que fazem tilt em tudo o que nos diz respeito enquanto seres pensantes, o riso torna-se, subitamente, mais importante que qualquer outra exigência e permite ao macho ser olhado com olhos de ver. Ou seja, tudo o resto se encaixa, se acomoda, na vontade que temos em continuar a rir.

O aspecto exterior, por exemplo, tantas vezes sobrevalorizado, sucumbe a um homem com piada.  A beleza da evolução da humanidade, entre outras coisas, reside na capacidade de podermos escolher um parceiro para além dos seus glúteos de aço ou mamas perfeitas e dos desejos que isso nos provoca. E nessa escolha, nem sempre fácil, o sentido de humor é, não raras vezes, a pedra de toque, o lastro que (des)equilibra a equação.  Para nós, grelame sempre pronto a gargalhar, o que chamamos de personalidade ou carisma masculinos passa, em larguíssima escala, pela longevidade relacional que vislumbramos ante a possibilidade de poder passar uma boa parte da vida a rir. Ou seja, passa por um macho com sentido de humor.

Mas atenção. Embora sabendo que falo de um assunto que se arrisca a reescrever o conceito de «subjectivo» nos anais dos tomos enciclopédicos da interacção macho/fêmea, há temas sensíveis para o imaginário feminino que convém que sejam tocados com o cuidado de uma entrada por trás. Se não estão seguros de que o vosso sentido de humor coincide com o do grelame, comecem por piadolas simples e vão aumentando o grau de dificuldade, e risco, consoante a resposta. Nesta fase, evitem temas como o peso e a idade da vossa interlocutora, e, sobretudo, qualquer vislumbre de piada que implique o mais leve cheiro de outro grelame. Não vão por aí, que é coisinha para estar um trânsito imenso. Relaxem e não finjam ser uma coisa que não são, mas o Diabo está nos pormenores. Uma noite de risota levanta o espírito e prepara o corpo para outras iguarias igualmente boas. Soltem a verve e o sentido de humor e saibam apreciar a graça grelame, que é maravilhosa no seu género único de vos fazer soltar e querer sempre mais.

 



publicado por sissi às 22:21 | link do post | adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge