Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009
Sissi na FHM - Funny Guys

Se perguntarem a qualquer mulher sobre qual o conjunto de características masculinas que faz os seus corações baterem mais forte e as feromonas correrem mais rápido, o sentido de humor está, seguramente, no topo. É garantido. Por mais que vasculhemos a nossa lista de atribuições masculinas, seja qual for a forma como a interpretemos e a importância que lhe dermos, a capacidade de rirmos com quem partilhamos o quotidiano é das argamassas mais fortes que podemos ter a sorte de desencantar numa qualquer esquina da vida.

O grelame gosta de rir. E gosta de rir, sobretudo, com o machame que a come por trás e lhe dá miminhos a seguir. É oficial e vem nos livros. Perante uma piada bem esgalhada, daquelas que fazem tilt em tudo o que nos diz respeito enquanto seres pensantes, o riso torna-se, subitamente, mais importante que qualquer outra exigência e permite ao macho ser olhado com olhos de ver. Ou seja, tudo o resto se encaixa, se acomoda, na vontade que temos em continuar a rir.

O aspecto exterior, por exemplo, tantas vezes sobrevalorizado, sucumbe a um homem com piada.  A beleza da evolução da humanidade, entre outras coisas, reside na capacidade de podermos escolher um parceiro para além dos seus glúteos de aço ou mamas perfeitas e dos desejos que isso nos provoca. E nessa escolha, nem sempre fácil, o sentido de humor é, não raras vezes, a pedra de toque, o lastro que (des)equilibra a equação.  Para nós, grelame sempre pronto a gargalhar, o que chamamos de personalidade ou carisma masculinos passa, em larguíssima escala, pela longevidade relacional que vislumbramos ante a possibilidade de poder passar uma boa parte da vida a rir. Ou seja, passa por um macho com sentido de humor.

Mas atenção. Embora sabendo que falo de um assunto que se arrisca a reescrever o conceito de «subjectivo» nos anais dos tomos enciclopédicos da interacção macho/fêmea, há temas sensíveis para o imaginário feminino que convém que sejam tocados com o cuidado de uma entrada por trás. Se não estão seguros de que o vosso sentido de humor coincide com o do grelame, comecem por piadolas simples e vão aumentando o grau de dificuldade, e risco, consoante a resposta. Nesta fase, evitem temas como o peso e a idade da vossa interlocutora, e, sobretudo, qualquer vislumbre de piada que implique o mais leve cheiro de outro grelame. Não vão por aí, que é coisinha para estar um trânsito imenso. Relaxem e não finjam ser uma coisa que não são, mas o Diabo está nos pormenores. Uma noite de risota levanta o espírito e prepara o corpo para outras iguarias igualmente boas. Soltem a verve e o sentido de humor e saibam apreciar a graça grelame, que é maravilhosa no seu género único de vos fazer soltar e querer sempre mais.

 



publicado por sissi às 22:21 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Marieine a 1 de Setembro de 2009 às 03:01
Quantas de nós matamos a cabeça a imaginar o nosso machame perfeito...alto forte espadaúdo .com tudo de bom para dar.. quando do nada surge um singelo machame que com o seu bom humor, algumas boas piadas e atenções, nos faz sentir o grelame interessante do Palácio e arredores.

Defendo assim a produção em massa não do "Príncipe Encantado" mas sim do "Sorridente Encantado". Neste modelo, a aparência não tem tanta importância como no "Príncipe Encantado", dá-se sim importância à bela da personalidade. Um bom humor refrescante, que faça o grelame sorrir ou mesmo soltar uma boa gargalhada; saber defender as suas proprias ideias sem no entanto as tentar impôr;e, para terminar o meu "Sorridente Encantado" pessoal deverá vir equipado com uma mente e um feitio que dê Pica desafiar.

Por muito que o "pacote" externo importe, ha por aí muito especime que deveria vir equipado com um botão "se não queres que borre a pintura, pressiona aqui", assim evitavamos perder um bem precioso que é o Tempo.

Bjunfias!
Estou a adorar o Blog
:D


De ZOT a 1 de Setembro de 2009 às 09:42
Claro! Isto fez-me recordar os meus tempos de beach boy, muito bronzeado, grande atleta e acima de tudo com um sentido de humor apurado, que aliado à natural habilidade para satisfazer o grelo, era tudo o que elas mais queriam.

Namoradas e outras malucas eram umas atras das outras, mas havia sempre um handicap que me fazia desesperar e que até hoje deixou em mim grandes marcas. Mesmo aquelas que não me largavam da mão, não hesitavam trocar-me por qualquer tipo bem montado, que de repente chegasse ao terreno de caça.

Ha 25 ou 30 anos atras so os meninos é que tinham carro, e não havia gaja quase nenhuma que não desse o cuzinho e 5 tostões para sair com um gajo com carro. Mas claro, a maioria das vezes esses tipos eram uns cepos do pior, e então na praia nem se fala. Depois elas arrependiam-se, queriam e não tinham, passavam a desprezadas, tanto por mim como pelos tipos dos carros, que também ja estavam com outras que tais.

Por isso, desde o momento em que comecei a ter possibilidades economicas, jamais liguei a bons carros nem a outros sinais extriores de riqueza. O sentido de humore e o sex drive natural sempre me safaram, mas continuo aos 45 a desconfiar dessa maneira tão simples de contentar o grelame. A sorte que tive é que não ha regra sem excepção.

Cumps


De NN a 1 de Setembro de 2009 às 13:23
O busilis é que o sentido de humor é das tais coisas como os olhos bonitos - ou se tem, ou não se tem. E nós sabemos distinguir um sentido de humor a sério de um forjado a léguas! E a fronteira entre o palhaço e o bem humorado é tão ténue que, se a graça for forçada, depressa faz cair o macho em desgraça.
A verdade é que nós queremos tudo-em-um: engraçado sim, mas giro, também. Conheço homens com um piadão cujo físico não lhes traz gozos maiores. E não conheço nenhum coirão com piada que seja um sucesso entre as mulheres.

O povo é que sabe, quando diz "Mais vale cair em graça do que ser engraçado".

Este texto da Sissi foi dos mais bem esgalhados, passo a expressão, que tenho lido. Parabéns, rapariga, estás cada vez melhor.

Vai beijo
NN


De Mac a 1 de Setembro de 2009 às 14:41
Sissi, post fantástico. Não podia concordar mais! Parabéns.

Digo muitas vezes, que um homem com sentido de humor, é meio caminho andado. E é verdade. Prefiro mil vezes um que nem aparente nada de especial fisicamente, mas que me faz rir, do que um brasa sem piadinha nenhuma. Mas detesto anedotas e palhaços, o que gosto mesmo é daquele humor nonsense, no timing certo. Na verdade, um humor de humores. Do humor económico da ironia, ao humor claro e objectivo, que me faz gargalhar!

A verdade é que um homem que seja capaz de nos arrancar umas boas gargalhadas, faz-nos baixar a guarda, se a havia.

Grandes beijas


De pimenta a 1 de Setembro de 2009 às 15:07
Texto muito bom mesmo.
Realmente um homem com sentido de humor, levanta logo o nosso moral e desperta a nossa atenção.
Mas tem que ser genuino, nada daquele humor que nem as pedras da calçada acham graça.
~Cada vez está melhor este blog.
Um beijinho
Manu


De Pedro a 1 de Setembro de 2009 às 22:15
Na mouche!


De CinDerela a 2 de Setembro de 2009 às 09:44
Logo que o humor seja inteligente que venham eles...scom carro ou sem sem carro que isso já é secundário...


De theoneyouknow a 2 de Setembro de 2009 às 11:34
E o pior é que o inverso tambem resulta... pelo menos para mim. Adoro uma mulher que me consiga fazer rir... E este espécime é muito raro!


De NN a 3 de Setembro de 2009 às 21:33
Mas existe, mas existe!

E também o inverso do inverso é verdadeiro - as pessoas bem humoradas costumam dar-se melhor com outras pessoas bem humoradas. Donde, a tendência é a de que quem faz rir os outros tenha, normalmente, um parceiro do mesmo estilo, deixando a chupar o dedo e a remoer os maus fígados os mal humorados e os menos bem humorados.

Até que enfim que alguém se lembrou das mulheres bem dispostas. Essas costumam ser odiadas pelas outras mulheres. Ah, e não confundir com pateta alegre, que é logo o primeiro rótulo que as outras lhes põem, muito circunstancialmente.


De Anónimo a 3 de Setembro de 2009 às 00:42
um homem mal humorado não dá com nada, para além de nos fazer perder a paciência =)


De AGaja a 4 de Setembro de 2009 às 12:06
Como estás tão certa. :-)

Gajo com cara de burro teimoso leva logo com os pés.
O humor é apreciado e deixamos logo a porta aberta para outras aventuras, ó ó.

bjos


De Decoração Festa Disney a 3 de Novembro de 2009 às 10:29
Como é que vocês conseguem ver que um gajo tem cara de "burro"? Pelo tamanho das orelhas? Pelo tamanho da dentuça? Pela cor do cabelo (louro)? Ou será que fazem como os homens: se é loura, é porque é burra?


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge