Terça-feira, 28 de Julho de 2009
Sissi na FHM - Eu gosto é do Verão

Chegaram as férias, estimados súbditos. Aquela época do ano em que nos borrifamos ainda mais para o trabalho, em que as nossas pupilas estão mais alerta, os mangalhos voltam à vida dentro de calças de tecido fino e as saias e os decotes espelham a vontade de umas quecas estivais ante o advento da canícula. É o Verão, meus senhores, no seu esplendor máximo.

E se o resto do ano não necessita de razões para o engate e actividade vária, o Verão quase obriga ao entabular de planos de acção para que o espalhar da semente se dê. Afinal de contas, o gajame é tanto e tão bom que até parece mal não aproveitar os vestidos leves e as mamas que teimam em espreitar e soltar-se dos espartilhos femininos. Os locais de veraneio estão cheios de feromonas prontas a serem engarrafadas e consumidas depois de estimuladas. E como sempre, nestas alturas importantes da vossa vida, em que o que mais ordena é queca plena, cá está Sissi e a Bíblia, prontinha para vos ajudar a sacar grelame em tempo de férias.

Antes de tudo, independentemente do destino de férias que escolherem, perscrutem por entre as hordas de pessoas que escolheram o mesmo, qual o grelame que viaja em grupo. Essas são sempre mais fáceis de abordar porque, como se sentem acompanhadas, sentem-se também mais seguras em sacar um macho para degustação. Uma vez definido o alvo, há que ter tino, ser nobre e agir como um gentleman, sobretudo na expectativa criada. Não inventem histórias de amor para mandar umas na praia. É feio e muito porco. Pode dar-se o caso de encontrarem grelame mais moderno que só procura sexo e se borrifa no resto, mas confiem em mim. São raras. Muitas de nós ainda confundimos a beira da estrada com a Estrada da Beira e um caso de sexo rapidamente passa a um caso de amor, com casamento e filhos à mistura. Por isso, sejam claros e digam ou mostrem ao que vão.

O melhor local para encontrar disponibilidade vária em locais de veraneio é, obviamente, a praia. E porque ainda para aí muito grelame desconfiado, o melhor será arranjar manobras de diversão que vos façam aproximar com algum charme e sem parecerem demasiado desesperados. Por exemplo, peçam-lhes para tirar uma fotografia ao vosso grupo de amigos, ou mandem com cuidado a bola para o pé da toalha delas e sorriam de todas as 20 vezes que a forem buscar. O grelame adora esse tipo de cena de filme de adolescentes.

E quando conseguirem chegar á fala com elas, duas coisinhas: não as convidem para um café. Ir à bica é muito anos 80…Sugiram um jantar, mas não as levem a comer hambúrgueres. Se querem fazer a coisa à séria têm de se destacar dos outros, acrescentar valor ao engate alheio. E durante o repasto, tentem ser divertidos e evitar conversas pesadas. Ninguém quer saber dos dramas, das tragédias e da namorada que ficou em casa… Curtam, divirtam-se, sejam claros e honestos e, claro, USEM PRESERVATIVO.

 



publicado por sissi às 19:05 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De ds1 a 28 de Julho de 2009 às 21:36
Isso que contas é a realidade? É que eu já n acredito nela


De joao costa a 30 de Julho de 2009 às 14:18
é que eu também nao, só que ela escreve muito bem e parto a moca a rir


De NN a 28 de Julho de 2009 às 22:04
Posso acrescentar duas ou três dicas importantes?

1 - quando atirarem a bola para o pé delas, atenção que é para o pé. Não confundir com a cabeça. Outra coisa: se não têm jeitinho de pé, nem tentem a cena da bola na toalha. Conseguir a abordagem e oferecer, em troca, um espectáculo deprimente sem show de bola pode ser o princípio da queda livre.

2 - sejam divertidos, não palhaços. Nós detestamos, consensualmente, o tipo engraçado de serviço ou manual ambulante de anedotas. O pior de todos ainda consegue ser o que diz piadas sem graça e ri eternamente.

3 - sejam descontraídos, mas não relaxados. Pior do que um nervoso neurótico é um debochado que nos deixa caír a porta na cara e passa a uma das últimas fases quando ainda nem atingiu a primeira - apalpão no nosso rabo e "oh filha, és tão boa". Pá, é assim: descontracção não é igual a estrebaria. E a pedrada no charco só fica bem a uma muito rara selecção. Pedrada na mona desses.

Beijos, Sissi. Luv U


De Nuno Miguel Neto a 29 de Julho de 2009 às 01:38
Infelizmente... eu não sei onde andam as mulheres que dão valor a esse tipo de regras. E isso enerva-me cada vez mais. Mas pronto não vou deixar de ser gentleman só porque não encontro mulheres que gostem de um gentleman!


De Riccardo! a 29 de Julho de 2009 às 02:31
Estão em toda a sua volta caro Nuno, procure bem.


Cumprimentos.


De São a 29 de Julho de 2009 às 12:27
Aqui!! Estou aqui, Nuno!!


De Nuno Miguel Neto a 29 de Julho de 2009 às 17:10
Ai estás? onde fica o aqui? LOL

Agora um bocado fora de brincadeiras, a minha educação é um bocado auto-didacta e isso pode ser bom e pode ser mau... bom no sentido em que me sinto muito bem comigo mesmo. Mau no sentido em que parece que já não há mulheres que dêem importancia verdadeira a isto.

A avaliar pelos comentários elas existem. Infelizmente ainda não tive a sorte de encontrar nenhuma...


De Noka a 29 de Julho de 2009 às 23:24
Nuno, acredita que muitas mulheres apreciam. Eu tenho particular interesse por gestos que passam quase despercebidos mas fazem a dferença entre os demais. Não deixes de ser 1 cavalheiro se há mulheres que não ligam ou aparentam não reparar.
Gentlemen precisam-se. Atenção que não me refiro a todas as mariquices de outras eras mas, exactamente por se ver pouco, algumas atitudes são muito benvindas e apreciadas como deve ser. ;)

Njoy


De Nuno Miguel Neto a 30 de Julho de 2009 às 08:50
Obrigado pelo incentivo! :D


De joão ratão a 29 de Julho de 2009 às 04:21
Ora aqui estão uns conselhos bem dados. Alguma elegância e cortesia acima de tudo.

Noutro dia, Bº Alto, duas ezrtesas (daquelas lóríssimas dos nortes) "dixcupa, were is Barru Alto, cafés?"...

Ai e eu com tanto q fazer...
:'(

AAAAAAAHHHH!!! Mto importante: não deixem papéis sujos e saquinhos de sémen pelo campo, q eu não gosto

X-p


De Rita a 29 de Julho de 2009 às 15:17
Minha cara Sissi;
Mais um post brilhante!
Eu penso que todas as estacoes sao boas para sexo: da praia 'a estancia de ski, vale tudo. :-) O segredo esta na confianca. O machame que avance sem medo mas com inteligencia e o grelame que se deixe de merdas e que avance tambem, que isto de serem sempre os homens a tomar a iniciativa 'e coisa do passado! :-)
Let yourselves go and enjoy! :-)
Kisses!


De arielfemea a 29 de Julho de 2009 às 23:48
Princesa se convidar para um café é muito 80??? imagine atirar bolas e merdas e conversa fiada de teenager com vontade de dar umas... isso cmg nao resulta prefiro uns olhares e o convite para o cafe... MESMO
Ou para os mais ousados um n de telefone /e.mail no vidro do carro ou sei la... puxem pela imaginação... agora jantar é demasiado para um primeiro flirt... por isso é que as gajas pensam logo em casamentos e filhos... essas sao as desesperadas que tb nao me incluo nesse grupo...
Quanto ao machame evejam se tomam mais inciciativas porque nos gajedo estamos fartas de tomar looolll... viva seculo XXI

ps. gajos to farta de não passarem de olharem... ganhem tomates por favor... e boas fodas que este sol poem-nos a ferver a todos :)


De sofia a 31 de Julho de 2009 às 12:30
Concordo acima de tudo que um um jantar é demasiado para primeiro encontro. Ainda ontem estive num desses em que o ele falou mais sobre ele próprio e pouco quis saber de mim (apenas o essencial). Recorrendo ao exagero, o ideal de um primeiro encontro é beber cervejas até virem as verdades todas ao de cima... ehehe ! Ou é para foder , ou para vomitar...


De MR a 31 de Julho de 2009 às 14:31
É pá, se for para foder ainda vá lá, agora para vomitar, que nojo... lol


De sofia a 31 de Julho de 2009 às 15:32
Há gajos que têm conversas que dão vómitos... e o contrário também


De MR a 31 de Julho de 2009 às 15:41
Ah sim, sem dúvida nenhuma!!


De Ginophylus a 30 de Julho de 2009 às 01:11
Acima de tudo acho que como já foi dito muito homem perde por ficar pelos olhares, mas também muita mulher n sabe o q quer (para n dizer todas). Infelizmente tb mt mulher devia tomar iniciativa e não toma, está aí a cozinhar-se uma geração de mulheres muito mais atrevidas e que não têm medo de ir atrás do que querem, e ainda veremos o homem descartável ser comum. Por isso fica o aviso: acautelem os vossos machos!
Muitas mulheres acham que sabes o que querem, mas na realidade o que querem é completamente diferente. Quantos de nós já vimos aquelas mulheres que começam uma relação e depois vêm com as de: "Podias ser mais cavalheiro" "podias fazer isto" "podias fazer aquilo" e um gajo vai mudando para garantir que a chavala está a gosto. Certo dia vem ela "Ai, já não és o mesmo!". Claro, depois do trabalho que tiveste a mudar-me!
Também há aquelas que gostam de homens sensiveis e delicados (o tipo quase gay), muito atenciosos e não sei q mais; depois põe-lhe um par de adornos com o maior canastrão que encontraram.
Meninas, decidam o que querem!
Quanto a ser um gentleman é bom se queremos ver os nossos amigos a sacar o grelame disponível e, quando conseguirem sacar uma, reparem que foram pelo caminho maior.
Na minha opinião ser um cavalheiro é bom se elas derem valor, senão não vale o trabalho e não é por aí que se começa.
Quantas mulheres ouvi dizer "ele não é nada romântico, quem me dera..." mas continuam com ele, por isso não faz assim tanta diferença!
Eu gostava era de ver a Sissi a expor a realidade a nu aqui (Albarrã style)diz-nos o q realmente vocês gostam, acreditam que muito homem gostava de saber e iria aplicar esses sábios conselhos.


De Branca de Neve a 13 de Setembro de 2009 às 13:20
Nós gostamos de um homem atencioso, educado, carinhoso. Que se interesse por nós e nos valorize. E, ao mesmo tempo, um selvagem na cama, que mostre que é homem. Mas na cama!!
Na sala um gentlemen, na cama um selvagem!
Simples, não?


De São a 30 de Julho de 2009 às 13:21
As mulheres gostam de gentlemen, claro que gostam! Há pequenos pormenores que fazem toda a diferença (por exemplo, abrir a porta do carro para a fêmea entrar parece antiquado, mas o grelame adora essas coisitas...) Ser original também é importante: gostei da dica de deixar o nº tlm/mail no vidro do carro. Mas o que as mulheres gostam mesmo é da persistência! Machos, se estão mesmo interessados, insistam, insistam...Nós gostamos.


De Diana a 4 de Setembro de 2009 às 12:12
Quanto à dica do vidro do carro, não sei se comigo resultava, porque distraída como sou, ia-me passar ao lado de certeza!

Prefiro o machame que mostra o que quer, mas com um toque de subtileza. Que nos faz pensar "Será que..?", e nos faz querer avançar um bocadinho para perceber, afinal, o que é que pode vir dali! E sim, como já li num post por aqui, o sentido de humor tem de ser do melhor, senão 'tá tudo f*dido! Ou tem piada ou é palhaço, e p'ra aturar palhaços vou ao circo, ou àqueles barzecos daqui da zona.

Por isso, sejam subtis! Comigo já resultou... lol...

Beijinhos.
Avé Sissi!


De RM a 29 de Setembro de 2009 às 16:44
Bom, achei piada ao texto e aos comentários. Não posso deixar de comentar também.

Ora, o que li aqui não é a fórmula para fazer ouro, é só uma opinião. A fórmula tem de ser descoberta em cada mulher. O essencial num homem que queria dar umas quecas é ser perspicaz e adaptável, quase chego a dizer que é preciso ter um bom sentido de improvisação.
Aqui a malta escreve quase acertadamente no aspecto do cavalheirismo. A verdade é que é giro mas não se pode abusar disto. Atenção, nunca confundir cavalheirismo com respeito e boa educação. Como disse aqui um interveniente e bem, elas gostam muito dos cavalheiros mas depois no calor da noite dizem "Ah, ele é um querido", e quem as leva para o saco é o bandido com sorriso malandro que sabe muito bem improvisar. De notar que improvisar não significa mentir. Mentir é feio.

Outro ponto importante aqui é saber ouvir as meninas e mostrar real interesse no que elas nos dizem! Puxar por elas! Há casos que pouca conversa é muita, portanto, há que ser perspicaz para perceber isso. O pior que pode acontecer é, tanto de uma parte como de outra, abrirem a boca e não sair nada de jeito...

Para resumir, não há fórmula mágica para dar quecas no verão, no inverno ou outono. O que se acho que é importante nos gajos é que sejam bem educados, tenham sentido de humor para roubar sorrisos às meninas e não tenham pressa de lhes tirar a roupa. Bem feito será quando a roupa cai sem perguntar. Sejam seguros. A malta gosta disso.

Quanto a meninas, estão no bom caminho. Cada vez se encontram mais mulheres com atitude e que definem o protocolo sexual como lhes calha ali na hora. É horrível quando é preciso levar a mulher a tomar 20 cafés e ver 10 filmes só para dar uma queca!!! (óbviamente estou a exagerar um pouco)


De Hernandez a 12 de Julho de 2010 às 21:18
pois pois... quer quer... não quer há quem queira! q.b a vida tanto o quanto sei é só uma, para que perder demasiado tempo?!?!?!?! Confiança


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge