Sexta-feira, 29 de Maio de 2009
Ana Malhoa Fan Club. For Real.

E pronto. E assim que a Playboy portuguesa se adivinha com mais um número, eis que as cabrinhas da blogosfera deste meu Portugal se armam em paladinas do bom gosto e se apressam a comentar o mamazal fêmeo que se desnuda para quem quer ver.

 

Ora vem isto a propósito de uma tarde de calor e consequente onanismo, em que, deitada na chaise longe real, deambulei pela blogosfera. E o que é que encontrei? O tom jocoso do costume perante o facto de a Ana Malhoa nos agraciar com a sua presença na capa da Playboy. Desde o pai, ao marido, a ela mesma, não ficou pedra sobre pedra na crónica dos supostos bons costumes escanhoada pelo olhar maldoso, idiota, sem pinga de generosidade desta gente que, por infortúnio e piada de mau gosto da genética, nasceu com uma cona. O que é pena, porque elas não sabem viver com a cona que têm. Às vezes até parece que gostavam de ter um mangalho, ou qualquer coisa que pudesse justificar o asco que sentem pelas outras mulheres.

 

Eu não conheço a Ana Malhoa, não me lembro de ter ouvido a Ana Malho cantar, mas já vi fotos deles, várias, e já me cruzei com ela uma meia dúzia de vezes no check-in da Portela. O que nunca entendi é esta animosidade feminina para com uma mulher que, até ver, não fez mal a ninguém. A não ser, claro, ao suposto bom gosto deste grelame, casto e detentor da patente do que é bom e mau, deve e não deve, que se apoquenta perante uma mulher tatuada e nua numa capa de revistas para homens.

 

Quando caralho é que vamos conseguir ser menos mázinhas umas para as outras? Quando é que vamos entender, de uma vez por todas, que quanto mais alienarmos as outras porque são diferentes de nós, mais sozinhas ficamos no mundo masculino que ainda perdura? Não acho que tenhamos todas que gostar da Ana Malhoa, mas, foda-se, temos que atacar de cada vez que ela decide aparecer? É demais.

 

Felizmente, ainda há mulheres que conseguem gostar de outras mulheres, admirá-las pelo que são, e dizer-lhes isso. Eu juro que não conheço a Miss Spring, ainda, mas já gosto dela.



publicado por sissi às 22:29 | link do post | adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge