Sexta-feira, 30 de Maio de 2008
Danger, Danger!

Ontem à noite na SIC debatiam-se os perigos da internet, num debate onde participavam Moita Flores, Rogério Alves e José Gameiro. A páginas tantas, ouve-se o primeiro, presidente da Câmara de Santarém, ex-inspector da PJ, autor com livros editados e guionista de TV, lançar para o ar a seguinte boutade:

 

«As pessoas que colocam nos blogs a sua vida são narcisistas e solitários».

 

E continuava a sua diatribe, ao melhor estilo ditador e ex-bófia, sobre os terroristas que invadem as nossas ondas virtuais, assim como outros meliantes de reconhecida craveira, e que, por isso, e aqui está o catch da coisa, a Net devia ser controlada. Portanto, tanta verborreia idiota para chegar a este ponto particular: a internet, umas das melhores coisas que o mundo civilizado já viu (mau grados as suas consequências nefastas) deve ser monitorizado por pessoas como o Moita Flores, que ainda sofre de uma febre conspirativa que insiste em propalar nas televisões.

 

O que o senhor Flores se esquece, é que a internet é uma forma de comunicação extraordinária e uma fonte de partilha de conhecimento sem paralelo. E sim, fez maravilhas pela vida de muita gente que, escudada pelo ecrã de um computador, comunica da forma que mais lhe apraz e serve.

 

É claro que nem tudo são Palácios como este. É óbvio que a internet permite e potencia idiossincrasias do comportamento humano que gostaríamos de esquecer. Mas a lupa que deve olhar para isso é a nossa, a de cada um, a da liberdade individual, livre arbítrio e capacidade de decisão. Se há miudas de 13 anos a colocar fotos desnudas na net, reclame-se controlo parental. Eles são os únicos com legitimidade para decidir quando basta.

 

Em suma, à excepção de fotos das crianças nos blogs (à qual me oponho por não me parecer que elas tenham sido consultadas na matéria), cada um faça o que bem entender. Não entendo o alarido. Os blogs reflectem a nossa vida, o nosso interior, o que somos e fazemos. Dentro e fora do ecrã. A mais das vezes, a diferença não é assim tanta. Os blogs constroem o nosso quotidiano e são construídos por ele. Se isto é mau, bom ou assim assim, cabe a cada um decidir. Sem merdas.



publicado por sissi às 10:57 | link do post | adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge