Quarta-feira, 23 de Abril de 2008
Orgulhosamente Sós? A Time Out ajuda

E eis que a Time Out, a luz das minhas quartas-feiras, revista a quem augurei, erradamente, uma vida curta, publica um artigo sobre os solteiros. E eis que me apetece desfazê-lo em pedacinhos. Mas não vou fazê-lo. Vou só fazer uns reparos, por um lado, e concordar, por outro. Que fique aqui esclarecido, que sou assinante. Maneiras que independentemente da forma como a coisa soar, serei sempre devota. Avé!

 

Ora, a bíblia do bem sair pergunta num artigo: Orgulhosamente Sós? E eis que me levantei do onanismo tri-diário (são fases...) e despertei da modorra: Oh lecas, isto é para mim! Solteira profissional e fóbica do compromisso. Vamos lá ver então o que as miúdas escreveram. E reza assim:

 

1 - Não almoçarás numa cantina só porque é mais barato.

 

Diz que a hora de almoço é menosprezada. Concordo. Que a chave do sucesso está na escolha de sítios para almoçar. Discordo em parte, mas é pacífico. Que os sítios que tem mais «gente nova e com bom ar» são Amoreiras Plaza, Campo Pequeno e Saldanha. Discordo. A não ser que gostem de betos, com fatos Sacoor, a roçar a Opus Dei, que fodem com o crucifixo na mão e quando se vêm dizem «Ai Valha-me Deus». Se esse é o estilo, então força. Boa sorte para a demanda de encontrarem alguém com o tal «bom ar» que se sente ao vosso lado e meta conversa. Sorte nisso! Só uma dica: isto ainda é Lisboa...

 

2 - Não serás visto a dar um pé de dança nas Docas

Diz que tem muito turista e muita permanente. Discutível mas dou de barato. Diz que o melhor mesmo, assim mesmo, mesmo bom, é pézinhos e mãozinhas de dança no Lux, Bairro Alto e Braço de Prata. Deixem-me que vos pergunte uma coisa miúdas: vocês acham mesmo que vão encontrar um gajo que goste de gajas no Lux ou no Bairro? Hein? A sério... O Bairro é heterofriendly, é certo, daí até vos aparecer alguém com «bom ar», gente «nova e fresca», vai um pé enorme de dança... O Lux...que dizer do Lux...só se vai ao Lux quando o alcóol e a droga começam a bater e aí já vale tudo. Quem nunca fodeu um gajo encostada à cabine do DJ que lance a primeira pedra! Hein! Não tou a ouvir pedras!!! Adiante... O Lux é gay. O Bairro é gay. E o Braço de Prata é local de artistas...daqueles imperceptíveis e que não se lavam. Sou habituée. Sei do que falo.

 

3 - Não sairá da tua boca a frase «Posso-te conhecer?»

 

Epá...mais ou menos...tomara eu que alguém se chegasse à frente mais vezes em vez de ter que ser eu a fazer manobras de diversão para conhecer um tipo! A frase só soa mal porque nos catapulta para os putos ranhosos que queriam curtir connosco atrás do pavilhão! De resto, abordagens são sempre bem-vindas! Em tempo de crise não nos armamos em Edite Estrela! 

 

4 - Não levarás o teu possível engate a jantar à Companhia das Sandes.

 

Oh minhas queridas, francamente...Então se o gajo é giro, muito giro, discorre, sabe umas coisas, tem piada, vos trata bem e vos respeita, será que a sandocha vai fazer diferença? For real...Ainda por cima quando não fodem há algum tempo, ou quando já passaram lustros suficientes em que ninguém sopra na vossa direcção, será que o sítio importa assim tanto...?

 

5 - Jamais anunciarás o nome dos teus futuros filhos num primeiro encontro.

 

Eu cá acho que se a gaja for do tipo casadoira mais vale que diga logo ao que vem. Da mesma forma que se o tipo for Playstation freak (e isso me incomodar) que se chegue à frente também, se tiver mesmo que ser. Acho que, certamente, haverá outras coisas mais engraçadas para se conversar, porém, está longe de ser assunto tabu.

 

6 - Não ficarás em casa aos fins-de-semana a cantar o «All by Myself»

 

Eu por exemplo gosto muito de roçar os glúteos trabalhados pelo meu sofá «a comer porcarias» cheias de calorias que gasto no ginásio à segunda-feira. Sair sim, mas se o fito for o engate então não se dêm ao trabalho. Trust me. Nunca corre como o planeado. Ai não era de engate que estava a falar...? Ah, tá bem...

 

7 - Beijarás no primeiro encontro

Se apetecer aos dois sim, se não apetecer não apetece...Qual é o stress...? Beijar bem é importante, sim senhoras, tem toda a razão, mas vocês também sabem que o beijo, tal como tudo o resto, não vem por osmose não é...? As meninas querem ainda que guardemos esta ideia: «ser demasiado fácil é vulgar, ser demasiado difícil já não se usa». Oh caralho! Agora baralhei-me...então mas em que ficamos? Eu por mim avanço! Ah espera! Se calhar estou a ser demasiado fácil. Oh diabos! Com mil caralhões africanos! Oh, porra, lá estou eu a ser vulgar outra vez! Xiça...

 

8 - Usarás apenas a linha amarela do Metro.

 

Diz que vai apenas do Rato ao Campo Grande e que se fizermos olhinhos a um desconhecido diz que «é interessante» mas se ele sair no Intendente «fica esquisito». Já se trocarmos olhares com um desconhecido no Saldanha, TODA A GENTE SABE, É COMPLETAMENTE DIFERENTE! Eu percebo. A sério. Eu também só faço broches no Ritz... Além disso, TODA A GENTE SABE, é muito diferente engatar «gente bem vestida, cheia de ideias de negócios ou ideais para o mundo». Sim de facto. Esses pagam melhor. E vão mais vezes ao Ritz.

 

9 - Escolherás criteriosamente o sítio onde fazes as compras para casa.

 

Obviamente. E por isso vou sempre ao supermecado do IKEA (sítio de engate, internacionalmente reconhecido). É bom e barato. E quando estou no máximo da indulgência, o Corte Inglês. É bom e caro. E, às vezes, quando estou com muita tesão, vou ao LIDL que têm sempre uns ucranianos a precisarem de ser salvos.

 

10 - Não tomarás atitudes desesperadas

 

Nãooooooooooooo...Claro que nãooooooooo... Nada dos nove items anteriores denota, de forma alguma, qualquer tipo de desespero, double stantard, preconceito, nada, nadinha, nadica. Dizem estas grandes queridas que o leitor tem de «ter calma». Que se nada disto resultar, A -  «a Time Out está errada» ou B - «o leitor tem um problema sério entre mãos». Ou então a hipótese C: a Time Out tem um sério problema entre mãos.

Vocês andaram na Católica, não andaram?



publicado por sissi às 17:35 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De carlos a 23 de Abril de 2008 às 20:52
Mas será que com estas regras todas as miudas se lembrarão de fazer sexo?


De sim.sim.oh-sim a 23 de Abril de 2008 às 22:16
Aiiiiiiiii que eu não sabia do IKEA!!!


De oxfod a 25 de Abril de 2008 às 01:15
Ikea?IKEEEA?!Não topas que os gajos lá são fáceis de montar porque já trazem as instruções?Que são standardizados,desinsabidos,lânguidos e de piça mole?Nã!Faz um reset à tua cabecinha e e confessa o que mesmo te interessa num home,fofa!


De Alberto Cruz a 14 de Junho de 2009 às 23:03
Gosto da forma como escreves (desinibida) se fores assim em tudo, serás um must.
Visita e divulga.

http://vontadeseplanos.blogspot.com/

Obrigado


De Anónimo a 23 de Abril de 2008 às 22:42
O post que mais me fez rir até agora! Parabéns!


De José Paiva a 24 de Abril de 2008 às 03:10
Só venho aqui desmistifiar a ideia levantada no mandamento 2º... alguns artistas frequentadores do braço de prata, tem na verdade o chuveiro como melhor amigo!
Obrigado :)

Um beijo e uma vénia (na ordem inversa)


De Patricia a 24 de Abril de 2008 às 11:41
LOOOoooOOL.....foda-se...
O que eu me ri...
Adoro este blog...parabéns Sissi.

;) beijos

Pat


De Poisoned Apple a 24 de Abril de 2008 às 11:42
A referência que fazes à Universidade Católica é a mesma que criticas no texto no que toca às pessoas que saem na estação do Intendente ou do Saldanha. Associar um tipo de pessoas a zonas de Lisboa não está errado, havendo excepções à regra em qualquer lado, pode-se atribuir um "rótulo" a um bairro de Lisboa. Toda a gente o faz, só que nem toda a gente o escreve.


De sissi a 24 de Abril de 2008 às 11:46
Estimada Ex-aluna da Católica,
respire fundo. Somos duas.
Cumps


De Tchanazio a 26 de Abril de 2008 às 14:12
Como actual finalista da Católica, tenho que concordar com a Poisoned Apple, não se pode associar as pessoas ás zonas. Sou aluno daquela instituiçao, mas não uso sacoor nem muito menos cabelinho à "foda-se" ....Mas pensado bem, acho que sou o único... ups..!

Cumps


De Carlota Joaquina a 24 de Abril de 2008 às 13:43
É por estas e por outras que detesto a Time Out. Ó revista armada ao pingarelho, que pouco mais tem para oferecer que os habituais clichés do que pretensamente é ser urbano-fashion. Blhérc.


De Ana Raquel a 30 de Abril de 2008 às 23:31
A Time-Out é apenas uma publicação. Tudo o que existe para além daquelas páginas tem piada descobrir sozinha. Sem a desgraçadinha a indicar o caminho. É um conjunto de sugestões que o teu livre arbítrio analisará....

Quanto a mim cara Sissi, prefiro mesmo a linha azul do metro. Cabelos com caracóis, desgrenhado, barba de 2/3 dias a uma semana e livro na mão, com ar de cromo. Aqui está.


De Carlota Joaquina a 24 de Abril de 2008 às 14:01
Para quê tanta justificação para se falar de engate?

"Por alguma razão estranha, a maior parte dos nossos media tem aversão a temas que não são considerados ‘sérios’. Uma revista ou jornal que se preze, tem de falar (só) de economia, política ou problemas sociais. O resto, quase sempre, pertence ao domínio da futilidade. Não podemos achar que isto é normal quando vemos que a melhor imprensa do mundo deve o seu sucesso precisamente ao contrário: ao facto de saber misturar com habilidade os tais conteúdos ‘sérios’ com conteúdos que dizem respeito ao dia-a-dia do leitor. Da cultura, do ócio, do que for. Há quem se esforce por fazer o mesmo no nosso mercado, claro, mas de forma tão tímida e medrosa que o resultado acaba por ser invisível. É essa lacuna do mercado que tentamos preencher quando escolhemos temas como o desta semana. Acreditando que ao falar de solteiros – da vida e das oportunidades de quem está sozinho numa grande cidade como Lisboa – estamos a fazer um serviço útil aos nossos leitores. Um serviço que é sério, apesar de não deitar o leitor no sofá do psiquiatra nem lhe tentar dar mil explicações psico-sociológicas para o seu estado civil. Por aqui, preferimos sempre falar de soluções e propostas. Das que estão ao seu alcance."


De Pirikita a 24 de Abril de 2008 às 19:29
what the fuck!!! «ser demasiado fácil é vulgar, ser demasiado difícil já não se usa». com caneco, tds os dias luto contra esta porcaria e admito q n sei lidar com isto! qd vejo um gajo q m enche o olho, so m apetece fazer-lhe a festa! mas isso é ser facil! mas é q s m controlo, sou uma ranhosa e, pior, n como! e dps, ainda temos q ouvir "as holandesas é q sao liberais!!!".


De Marcito a 27 de Abril de 2008 às 11:14
ahhh pois é as portuguesas querem ser pra frentex mas não são, ficam-se pelas intenções nem elas comem e nem nós comemos, ficamos todos a chuchar no dedo, meninas abram os olhos esqueçam a sociedade tornem-se fáceis pelo amor de Deus irra,epa vou para a Dinamarca dizem que la elas é pão pão, queijo queijo


De Marco a 3 de Maio de 2008 às 01:21
Ando à procura de fáceis...onde estão???
Tou com o Marcito...tornem a vida fácil para todos...fodam e deixem foder...;)


De Othon Von Salza a 30 de Abril de 2008 às 15:50
Amen.


De Tita a 24 de Abril de 2008 às 19:46
E vão 3 ex-alunas da Católica! Mas devo dizer que concordo plenamente com a Sissi! =)


Comentar post

 
livro

livro
Sex Bomb - O terceiro livro Download gratuito

livro

livro

livro Correio da Princesa
jukebox
Jazzanova - No Use

videos



arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

subscrever rss

badge